WR ANQUAN BOLDIN ANUNCIA SAÍDA DO BUFFALO BILLS E APOSENTADORIA

WR ANQUAN BOLDIN ANUNCIA SAÍDA DO BUFFALO BILLS E APOSENTADORIA

O wide receiver Anquan Boldin anunciou na noite desse domingo (20) sua saída do Buffalo Bills e também sua aposentadoria, encerrando uma carreira de 14 temporadas. Ele havia assinado com o Bills há 2 semanas e só havia jogado uma partida nesta pré-temporada, anotando apenas uma recepção para 5 jardas.

Aos 37 anos ele encerra uma carreira muito bem sucedida. Draftado na segunda rodada de 2003 vindo da Florida State University, ele passou 7 anos no Arizona Cardinals e em seguida foi para o Baltimore Ravens, onde venceu o Super Bowl XLVII e ficou por 3 temporadas. Em seguida, foi para o San Francisco 49ers por 2 anos e em 2016 esteve no Detroit Lions.

A carreira de Anquan Boldin termina com números dignos de recordes que podem garantir uma vaga no Hall da Fama em breve. Ele sai de cena com 1.076 recepções (9º de todos os tempos), 13.779 jardas (14º geral da história) e 82 touchdowns (23º geral da história). O receiver foi escolhido 3 vezes para o Pro Bowl e em sete de suas 14 temporadas ele passou das 1000 jardas.

Ele também alcançou outros recordes, foi o jogador a chegar mais rápido a 600 recepções na carreira e o 3º a atingir 700. Além se ser o 5º mais rápido da história a atingir 7.000 jardas de recepção.

A despedida

Numa nota que foi divulgada através do jornalista Jim Trotter da ESPN Americana, Anquan Boldin faz a sua despedida:

Jim Trotter on Twitter

Statement from Anquan Boldin on his decision to retire:

“O futebol em sua forma mais pura é o que todos almejamos como nação. Pessoas de todas as diferentes raças, religiões e formações trabalhando juntos por um objetivo em comum. Os valores fundamentais ensinados no futebol são alguns dos mais importantes que você pode aprender na vida. Sempre esteja lá para o cara ao seu lado e não decepcione seu companheiro. Faça o que for preciso para assegurar que o seu irmão está OK.

O futebol me proporcionou uma plataforma através da minha carreira a ter um impacto ainda maior no meu trabalho humanitário nesse momento, me sinto direcionado a aumentar e priorizar a luta pelos direitos humanos. Meu propósito de vida é maior que o futebol.”

O trabalho humanitário de Anquan Boldin

Anquan Boldin já realizava trabalhos humanitários enquanto jogador, por meio da “Anquan Boldin Foundation” em West Palm Beach, Flórida. A fundação tem como objetivo expandir as oportunidades de vida e educação de crianças menos privilegiadas. A fundação doa bolsas de estudo para estudantes, tanto na Flórida quanto na região de San Francisco, com excelência acadêmica e que sejam líderes em suas comunidades.

Seu impacto positivo na comunidade lhe rendeu o “Walter Payton Man of the Year Award” em 2016, além de ter sido nomeado para o mesmo nos anos de 2010 e 2012. Ele diz que Payton era um jogador que idolatrava quando criança pelo que fazia dentro de campo, mas que ele se tornou mais do que uma inspiração quando soube do seu legado como humanitário.

Foto: Divulgação

Em junho deste ano, ele esteve num fórum do Congresso Americano para discutir alguns assuntos de justiça criminal, incluindo a brutalidade policial contra a comunidade negra. Esse assunto é um dos que Colin Kaepernick, seu ex-parceiro de time no San Francisco 49ers, defende desde o ano passado, quando passou a ajoelhar durante o hino nacional. Boldin tinha motivações pessoais, seu primo, Corey Jones, foi morto com um tiro durante uma abordagem policial em 2015.

Durante o fórum, ele foi acompanhado do ex-receiver do New England Patriots, Donte Stallworth e dos ainda jogadores Malcolm Jenkins (safety do Philadelphia Eagles) e do quarterback do Detroit Lions Johnson Bademosi. No segundo jogo desta pré-temporada, Jenkins ficou sentado durante a execução do hino nacional americano.

Esperamos que o agora aposentado jogador faça o seu trabalho humanitário com a mesma eficiência com que ele fazia suas recepções. E que seu bom exemplo ecoe e atinja a todos dentro e fora da NFL. Obrigada, Anquan Boldin!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *