TYROD TAYLOR, ATUAÇÃO PREOCUPANTE, MAS GARANTIDO PELO TÉCNICO

TYROD TAYLOR, ATUAÇÃO PREOCUPANTE, MAS GARANTIDO PELO TÉCNICO

O técnico do Buffalo Bills, Sean McDermott, bancou a permanência do QB Tyrod Taylor como titular da equipe, mesmo após duas derrotas nesta pré-temporada da NFL. A afirmação foi dada na sexta-feira, 18, durante uma entrevista: “Eu tenho toda a confiança em Tyrod. Ele vai ser nosso titular essa semana e aguardo ansiosamente para botá-lo de volta nos trilhos.”, disse o HC

A dúvida sobre a substituição de Tyrod Taylor veio após outra declaração que McDermott deu ao final do jogo contra o Philadelphia Eagles, quando o time perdeu por 20 a 16. Ele disse que tudo está sendo avaliado, incluindo a situação de quarterback.

Esse não parece um técnico feliz com a atuação do seu time . Foto> Buffalo News

A pergunta sobre uma possível substituição veio por conta de uma atuação ruim de Taylor e do time titular durante o tempo em que esteve em campo na partida. Na entrevista da sexta-feira, ele disse que de maneira nenhuma tinha a intenção disso.

O ataque titular do Bills não tem agradado seu novo técnico. Em duas partidas da pré-temporada foram 165 jardas, 9 first downs e apenas 2 field goals marcados em 9 campanhas. No primeiro jogo a equipe perdeu para o Minnesota Vikings por 17-10.

O que deu de errado para Tyrod Taylor?

Tyrod Taylor tem dado motivos para a desconfiança. Contra o Eagles ele acertou apenas 8 passes de 18 tentados acumulando 53 jardas, além de ter sido interceptado 2 vezes. A linha ofensiva não tem colaborado para a sua proteção também, foram 3 sacks para a equipe da Philadelphia. Vale lembrar que ele foi o QB mais sacado da temporada passada com 43 sacks.

O quarterback ainda viu seus reservas jogarem melhor que ele. O calouro escolhido na 5ª rodada, Nathan Peterman combinou nos dois jogos para 23 passes acertados de 45, totalizando 279 jardas e um touchdown. Isso fez com que ele pulasse para o posto de 2ºQB, passando o veterano contratado na inter temporada, T.J. Yates.

Apesar do bom desempenho de Peterman, vale lembrar que Tyrod Taylor jogou também contra times titulares e perdeu seu melhor tackle, Cordy Glenn, por uma lesão no pé. Por outro lado, Peterman jogou contra backups e jogadores que talvez não passem no corte para estar entre os 53 do time para a temporada regular.

Tyrod Taylor contra o Philadelphia Eagles na pré temporada (Foto: Matt Rourke/AP Press)

A culpa, entretanto, não pode ser toda colocada em Tyrod Taylor. Além da chegada de um novo coordenador ofensivo, Rick Dennison, que trouxe um novo playbook, o corpo de recebedores também está renovado, o veterano Anquan Boldin assinou contrato com o time em 7 de agosto e também há a presença do calouro Zay Jones.

O quarterback também perdeu sua conexão conhecida, o WR Sammy Watkins, que foi para Los Angeles numa troca com o Rams. Ainda nessa negociação, que também envolveu o Philadelphia Eagles, veio também o WR Jordan Matthews, mas que não vai contribuir com o time tão cedo após machucar o peito em seu primeiro treino com o Bills. Outro recém-chegado, o WR Rod Streater, saiu de carrinho do campo contra o Eagles e foi visto usando muletas e uma proteção no pé esquerdo.

Sem desculpas

Após o jogo contra o Eagles, o quarterback não atribuiu à saída de Watkins como uma desculpa e disse que são coisas que acontecem na Liga e que o jogador tem que ser capaz de se adaptar. Ele também se responsabilizou em corrigir o que é necessário, disse que todos estão aprendendo o que é novo, mas que já se passou tempo suficiente e que não há a necessidade de inventar desculpas.

O center, Eric Wood, também veio em defesa de Taylor: “Nós produzimos bem em treino, isso apenas não se traduziu bem nos jogos. Sim, sabemos que precisamos produzir melhor, mas meu nível de confiança não se abalou.”

O relógio está correndo para Tyrod Taylor e o Bills, no dia 26 eles vão a Baltimore jogar contra o Ravens. Tradicionalmente, a 3ª semana da pré-temporada é a última em que os titulares jogam e ficam em campo por mais tempo, o plano do Bills é fazer Taylor e os titulares jogarem até o 3º quarto da partida.

A pré-temporada do Bills se encerra contra o Detroit Lions em 31 de agosto, geralmente nessa última semana os titulares não entram em campo e já estarão de olho no começo da temporada regular contra o rival de divisão, New York Jets.

Com um contrato recém-renovado, Tyrod Taylor precisa mostrar o seu melhor nesse seu último jogo de pré-temporada e embalar no começo da temporada regular para se firmar na titularidade. As perspectivas do Bills são as de acabar com a seca de 17 anos sem ir à pós-temporada e esperar que Tyrod Taylor seja o homem que vai liderar o time nessa jornada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *