SEM CHANCES PARA OS PLAYOFFS, PACKERS COLOCA AARON RODGERS NA INJURY RESERVE

SEM CHANCES PARA OS PLAYOFFS, PACKERS COLOCA AARON RODGERS NA INJURY RESERVE

A alegria do tão esperado retorno de Aaron Rodgers durou pouco para o torcedor de Green Bay Packers. O jogador que sofreu uma fratura em sua clavícula na semana 6 desta temporada acaba de retornar à Injury Reserve. A decisão foi tomada após a derrota (31 a 24) contra Carolina Panthers, no último domingo.

A situação do time, que já era complicada após o jogo de domingo, piorou. A confirmação da “não-classificação” para os playoffs veio com a derrota do Tampa Bay Buccaneers para Atlanta Falcons. O Packers, que tinha uma remota chance de avançar para a pós-temporada, viu então seu sonho ser destruído.

A equipe soma sete vitórias e sete derrotas até o momento, estando em terceiro lugar na NFC NorthAaron Rodgers deu o seu melhor para ajudar o time, porém não foi suficiente. O QB conseguiu completar 26 de 45 passes (57,8%), 290 jardas e 3 touchdowns. A porcentagem de acertos foi inferior ao de costume de Rodgers, que foi interceptado três vezes durante a partida.

Aaron Rodgers parecia enferrujado no jogo contra Carolina Panthers, errando passes que facilmente concluiria. Ian Rapoport informou antes do jogo que Aaron Rodgers não estava totalmente saudável. Nas interceptações sofridas pelo QB, a sensação foi de que seu braço não estava forte o suficiente para realizar os passes.

Claramente a volta do QB no domingo foi um ato de desespero do Green Bay Packers para tentar alcançar os playoffs.

Aaron Rogders poupado para 2018

Com Aaron Rodgers na IR, o QB Joe Callahan volta à lista ativa do time. Brett Hundley assumirá o papel de QB titular nos próximos jogos contra Vikings e Lions para acabar a temporada.

Rodgers é, sem sombra de dúvida, uma das peças mais importantes atualmente da franquia. Colocá-lo na IR após a desclassificação para os playoffs significa poupá-lo para evitar lesões maiores. Assim, com o fim da temporada, Rodgers terá tempo para se recuperar de forma adequada e fortalecer seu braço após o processo cirúrgico que sofreu.

O que resta agora aos torcedores do Green Bay Packers (e de todos os amantes da NFL) é aguardar a temporada de 2018 para, assim, ver Aaron Rodgers 100% recuperado e, quem sabe, lançando algumas “Hail Mary”!

 

Fontes: nfl.com, espn.com.br, foxsports.com

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *