SALARY CAP E GUARANTEED MONEY DO CLEVELAND BROWNS

SALARY CAP E GUARANTEED MONEY DO CLEVELAND BROWNS

O Cleveland Browns foi bem generoso nesta offseason: será a segunda equipe da NFL a pagar mais dinheiro aos seus jogadores na próxima temporada. Também irá liderar os números da Liga em relação a gastos com dinheiro garantido aos jogadores. O valor total do guaranteed money é de aproximadamente US$181 milhões.

Esse dinheiro foi dividido da seguinte forma: US$76,2 milhões em extensões de contrato do LB Christian Kirksey, do G Joel Bitonio, do P Britton Colquitt, do LS Charley Hughlett e do LB Jamie Collins; US$44,5 milhões para os rookies; e US$60,58 milhões para os free agents.

Além do dinheiro garantido, Cleveland ainda gastará uma nota preta com seu roster este ano. Confira abaixo os 10 maiores pagamentos em dinheiro do Browns aos seus jogadores nesta temporada:

Perceba que 8 dos 10 jogadores foram draftados, contratados na free agency ou negociados na atual gestão do time. Apenas Joe Thomas e Joe Haden foram contratados em outras administrações. Apesar disso, o time ainda possui mais de U$50 milhões disponíveis no salary cap. Mas como o Browns consegue gastar tanto dinheiro e ainda ter bastante cap disponível?

Como funciona o salary cap

O salary cap é o teto salarial da equipe, ou seja, o valor que o time pode gastar em salários para todos os seus jogadores. A comissão técnica não está incluída nesse total. É o teto mais alto da história da Liga: US$167 milhões, um aumento de 35% em relação a 2013.

Porém, não são só os salários que ocupam esse teto. Ainda há os bônus que são acordados no contrato. Dentre eles, estão: o bônus workout, que o jogador recebe para participar das atividades da offseason; o bônus por produção; o roster bônus, que o jogador recebe caso esteja no elenco final da equipe até o dia previamente acordado no contrato; e o bônus de assinatura de contrato.

Em algumas situações, os bônus na NFL são pagos ao jogador no momento da assinatura do contrato. Porém, na maioria dos casos, é parcelado ao longo dos anos de contrato do jogador, a fim de comprometer menos o salary cap. Zeitler, por exemplo, recebeu bônus de assinatura de US$12 milhões que será dividido em seus cinco anos de contrato (2017-2022).

Salary cap do Browns

O Cleveland Browns entrou em 2017 com cerca de US$104 milhões no cap. O cálculo é feito da seguinte forma: são somados os US$47 milhões que não foram utilizados em 2016, o chamado carryover, aos US$167 milhões de 2017. Entretanto, é necessário subtrair o valor que já foi comprometido para o corrente ano: 51 principais salários do time (US$105,39 milhões) e dead money (dinheiro que ainda será gasto com jogadores que não estão mais no time – US$5,27 milhões).

Hoje, após algumas dispensas, renovações, contratações e draft, o Browns, possui cerca de US$54 milhões ainda disponíveis. Vale lembrar que a equipe está em processo de reestruturação, após terminar a última temporada com o recorde de 1-15 e não marcar presença nos playoffs desde 2002.

Espera-se que esse seja o ano da volta por cima, e como podemos ver, verba não será um problema para o time de Cleveland.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *