RESUMÃO SEMANA 8 – NFL 2016/2017

RESUMÃO SEMANA 8 – NFL 2016/2017

A semana 8 da NFL começou com uma partida do color rush (que uniforme lindo do Tennessee Titans, hein) meio morna e sem muita relevância. Quer dizer, para quem espera por 8 meses, não é sacrifício algum assistir a Jaguars x Titans, e podemos confessar que sentiremos falta no fim da temporada, quando o vencedor do SuperBowl levantar o Vince Lombard.

Jacksonville Jaguars x Tennessee Titans – The Color Rush

A rodada começou com vitória do Titans em casa, no Nissan Stadium, sobre o Jaguars por 22×36. A partida em si não teve muitas surpresas. Marcus Mariota fez uma boa partida, acionando diversas vezes o running back De Marco Murray, sem dar muitas chances para a defesa do time de Jacksonville formar uma muralha. Um fato foi que o Titans abriu uma vantagem de 27 pontos no 1° tempo, ou seja: houve um pequeno apagão da equipe, o que deixou o Jaguars muito perto de virar ou empatar a partida.
Neste Thursday Night Football, o Titans ficou com 50% de aproveitamento na temporada até então (quatro vitórias e quatro derrotas), ficando na vice-liderança da AFC sul. O Jaguars é o lanterna, com apenas duas vitórias.

JACKSONVILLE, FL - NOVEMBER 19: Jacksonville Jaguars and Tennessee Titans players line up before a snap during the first half of the game at EverBank Field on November 19, 2015 in Jacksonville, Florida. (Photo by Rob Foldy/Getty Images)

Agora vamos tentar resumir o domingo, que foi um prato cheio para quem ama esse esporte maravilhoso: desde às 11:30h até de madrugada com jogos sensacionais. Vamos relembrar alguns aqui:

Cincinnati Bengals x Washington Redskins (famoso “jogo em Londres”)

Domingo de manhã, dia de segundo turno das eleições municipais 2016, e já começou com caos! Desde 1997, que não tinham dois empates na mesma temporada e foi a primeira vez que um jogo em Londres foi para a prorrogação. Tudo começou com defesas segurando, ataques competitivos e Kirk Cousins acionando uma corrida com o RB Robert Kelley para abrir o placar para o Redskins e logo após, Andy Dalton fazendo o mesmo com Giovane Bernard, para deixar tudo igual. Os tigres chegaram a abrir 2 touchdowns de diferença no 3° quarto, mas o Redskins estava com sede de vitória. Os torcedores e demais espectadores estavam sentindo cheirinho de prorrogação.

Na prorrogação, era basicamente o “touchdown de ouro”: quem fizesse, levava a vitória na mala de volta para o EUA. Mas como os deuses do futebol americano estavam atacados, resolveram dificultar um pouco as coisas: teve empate na prorrogação, levando os dois times para arriscar field goals. Era só acertar o Y, certo?
Em teoria, sim, mas na prática, ambos os kickers erraram field goals relativamente fáceis, com pouquíssimas jardas de distância! Eu não queria ser torcedora de nenhum dos dois no momento. Acabou tudo em 27×27, um jogaço! Redskins com quatro vitórias, três derrotas e um empate, 4º lugar na NFC Leste; Bengals, três vitórias, quatro derrotas e um empate, 3º lugar na AFC Norte.

la-sp-bengals-redskins-london-20161030

New England Patriots x Buffalo Bills

Nenhuma novidade até aqui: a partida excelente do Tom Brady, que ele está voando em campo ou coisa parecida. Foram 315 jardas do QB nesse jogo e o recorde de 25 vitórias contra um mesmo time. O placar foi de 41×25, com o Patriots liderando a AFC Leste (sete vitórias e uma derrota) e o Bills ficando com quatro vitórias e quatro derrotas. Um dos destaques do jogo foi um objeto inusitado jogado em campo, que ninguém sabe por que algum torcedor levaria isso para o campo, com o intuito de jogá-lo (já vi jogarem pilhas e latinhas, mas brinquedos sexuais, primeira vez).

Seattle Seahawks x New Orleans Saints

O Seahawks perdeu a segunda partida seguida na temporada, dessa vez para o Saints, por 20×25. Russel Wilson não conseguiu segurar a barra, perdendo até uma oportunidade de virar a partida, deixando o QB Drew Brees como “herói de New Orleans”. Mesmo com a derrota, o Seahawks continua líder da NFC Oeste, com quatro vitórias, duas derrotas e um empate.

Oakland Raiders x Tampa Bay Buccaneers

Uma partida caótica foi entre Raiders x Buccaneers. Foi uma tempestade de flags, também pudera: foi um número absurdo de faltas do Raiders, batendo até recorde. Mesmo com tudo isso, foi um jogo bem disputado, com vitória do time de Okland (futuro Las Vegas) na prorrogação por 24×30. Mais uma vez, um kicker errando um chute decisivo e duas vezes no mesmo jogo, inclusive no OT, porém, o Raiders não deixou a vitória escapar. A cereja do bolo foi a conversão de uma quarta descida para 5 jardas, com um belo touchdown de 41 jardas do WR Seth Roberts. Sendo assim, o Raiders fica com a liderança da AFC Oeste e o Buccaneers estão em 2º na NFC Sul.

Philadelphia Eagles x Dallas Cowboys

No Sunday Night Football teve muita rivalidade e calouros destruindo tudo em campo. Dak Prescott está voando baixo junto com Ezekiel Elliot e Dez Bryant, assim como Carson Wentz e Darren Sproles (ok, esse não é calouro, mas não dá para não falar nele). As campanhas de ataque fluíram muito bem, começando as pontuações com um field goal do Eagles e uma belíssima campanha do Dallas para o primeiro touchdown. Um pecado de Prescott foi lançar uma interceptação dentro da endzone, no fim do segundo quarto, deixando o torcedor um tanto quanto desconfortável e apreensivo. O Eagles ainda conseguiu uma liderança no jogo, incluindo um field goal de 55 jardas do kicker Caleb Sturgis.

Se Prescott estava deixando o torcedor em dúvida com a besteira no primeiro tempo, foi a hora de lavar a alma: conduzir o time para o OT faltando 3 minutos para o fim. Na prorrogação, encontrou o WR Jason Witten para sacramentar a vitória por 23×29.

Chicago Bears x Minnesota Vikings

Um time que começou brilhando os olhos dos torcedores mas está irreconhecível é o Vikings. No Monday Night Football contra o Chicago Bears, parece que nada funcionava e o placar de 10×20 parece alertar para um possível apagão. O pesadelo do Vikings foi o calouro Jordan Howard, que correu 153 jardas, converteu um touchdown e deu maior cansaço na defesa. Sam Bradford sofreu, foi sackado 5 vezes, conseguindo lançar para um touchdown quando já não tinha mais jeito. Jay Cutler, ao contrário de Bradford, fez excelente partida, deixando  praticamente tudo resolvido no terceiro quarto. Blair Walsh converteu um chute de 30 jardas, diminuindo o placar no Soldier Field e não deixando uma derrota (seguida) tão feia para o Vikings.

E assim encerramos nossas avaliações e resumo dos jogos que conseguimos ver. Espero que tenham curtido e continuem por aqui para ver mais resumos da rodada. Enjoy! <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *