RESUMÃO DA SEMANA 5 DA NFL

RESUMÃO DA SEMANA 5 DA NFL

Finalizamos a semana 5 da NFL e olha, o que mais está impressionando nesta temporada, até então, é a quantidade de lesões! Só nessa rodada tivemos alguns jogadores de destaque indo para a enfermaria e não voltando mais, para o desespero dos torcedores.

Mas não só de lesões viveu essa semana 5 da NFL. Vamos ver tudo o que rolou, para irmos aquecendo para a próxima:

New England Patriots x Tampa Bay Buccaneers

Antes de mais nada, um alerta: “kickers are people too”. Algumas pessoas só lembram da existência e importância deles quando precisam daquele pontinho miserável que fez falta, e foi o caso dessa partida.

O jogo começou truncado, para não dizer “muito feio”. Os ataques tinham dificuldade de avançar, e quem começou abrindo o placar depois de certo esforço foi o Patriots, com um field goal de Gostkowski.

O primeiro touchdown da partida aconteceu só no segundo quarto, com Doug Martin. Depois disso, ambas as equipes marcaram dois touchdowns cada, com a diferença que o Patriots marcou mais um field goal e o Buccaneers desperdiçou inúmeros, perdendo a chance de virar o jogo.

Um dos méritos da vitória do Patriots foi a sua defesa, que decidiu jogar bem naquela noite, porém, devem agradecer também aos pézinhos tortos do kicker Nick Folk, que inclusive, nunca mais irá chutar errado, pelo menos nas depedências do Raymond Ray Stadium. Tudo isso acabou em 19×14, abrindo a semana 5 da NFL.

Jacksonville Jaguars x Pittsburgh Steelers

E quem diria que o Jaguars seria uma das sensações desta temporada! Após um lindo jogo em que dominou o Ravens (surprise!), dessa vez a vítima foi o Steelers. Na verdade, o que aconteceu para que a equipe não rendesse nada foi o baixíssimo desempenho do QB Big Ben. Além da defesa excelente do Jaguars, que anulou praticamente todo o jogo aéreo, que ficou concentrado no WR Antonio Brown.

A partida ficou marcada pelas tentativas de jogos terrestres, com pouquíssimos lançamentos da parte dos dois quarterbacks. Leonard Fournette foi o destaque ofensivo do Jaguars, com dois touchdows, um deles de 90 jardas. Quem obteve números expressivos também foi Big Ben, mas negativamente: acumulou cinco interceptações no jogo!

Com o Steelers não conseguindo furar a defesa do Jaguars, o placar ficou em 30×9.

 

Green Bay Packers x Dallas Cowboys

MELHOR JOGO DA SEMANA! O que foi aquilo? De um lado, tivemos a experiência de Aaron Rodgers, e do outro lado temos o (ex) calouro magia da temporada 2016, Dak Presscot. A partida foi impecável e parou corações por alguns momentos.

Nos dois primeiros quartos, tivemos uma pequena vantagem do Cowboys, e após isso o jogo ficou um tanto morno. Porém, o último quarto nos reservou surpresas. Após o Packers pontuar e ficar a frente no placar, o time da casa acabou encostando e empatando, inclusive, com um touchdown corrido de Presscot que enganou até as câmeras de transmissão.

Porém, é um risco para o adversário quando Aaron Rodgers pega a bola e precisa desempatar uma partida nos segundos finais. Com um lindo passe, encontrou Davante Adams na endzone e sacramentou a vitória por 35×31 no At&T Stadium.

 

Kansas City Chiefs x Houston Texans

Já faz 5 rodadas que ninguém para o “bonde sem freio do Chiefs”. Na verdade, essa partida foi também a que a enfermaria ficou cheia, com destaque para o jogador mais carismático, o JJ Watt.

O Chiefs não teve surpresas no primeiro tempo, ficando com três touchdowns na frente. Deshaun Watson conseguiu avançar com seu ataque, mas a defesa adversária segurou na maior parte das vezes.

No segundo tempo, o Texans acordou e acabou reagindo, mas não o suficiente para abalar o visitante, que ainda conseguiu ampliar o placar com De’Anthony Thomas e Tyrek Hill, em um retorno de punt, acabando tudo em 42×34. Nessa partida, infelizmente tivemos mais duas lesões sérias: do LB Whitney Mercillus e do TE Travis Kelce.

 

Minnesota Vikings x Chicago Bears

Nesta partida, tivemos a estreia do QB novato do Bears, Mitchell Trubiski. O primeiro tempo foi morno, com muitos punts. Trubiski conseguiu ir bem, mas acabava não finalizando a sua campanha. O primeiro ponto do jogo foi um safety em Sam Bradford, abrindo 0x2 para o time da casa.

O Vikings entrou no segundo tempo com outra cara, literalmente: após uma lesão de Bradford, quem assumiu o ataque foi Case Keenum. Apesar de ter uma melhora no jogo, o QB foi sackado três vezes, até pegar o ritmo do jogo e transformar tudo, fazendo a equipe ir para cima e abrir pontos de vantagem.

Com muitos touchdowns surpresas, ficou uma troca de pontuações, com destaque para o primeiro touchdown de Trubiski, lançando para Zach Miller, com uma linda conversão de dois pontos feita por ele mesmo.

No finalzinho do jogo, enquanto estava 17×17, o Bears teve a oportunidade de vencer a partida e deixar o menino em glória, porém, uma interceptação acabou com o sonho. O Vikings não desperdiçou a sua campanha e acertou um field goal de 50 jardas com o K Kai Forbath, acabando em 20×17 e fechando a semana 5 da NFL.

 

E como será a semana 6? Já vamos começar com Philadelphia Eagles x Carolina Panthers. Partida entre duas equipes que estão indo muito bem, promessa de jogão, hein? Tudo o que rolar na semana 6 você poderá acompanhar nas nossas redes sociais.

 

Enjoy <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *