RESUMÃO DA SEMANA 15 DA NFL

RESUMÃO DA SEMANA 15 DA NFL

Essa semana 15 da NFL terminou com times já classificados para os playoffs e outros que devem esperar o draft lá fora. Enquanto você conta as moedas para comprar o Carolina Panthers com a galera, vamos ver o que teve de melhor na rodada:

Denver Broncos x Indianapolis Colts

Quem aí nunca criticou o Osweiler? Eu sei que vocês nunca criticaram, imagina! O rapaz assumiu a posição após lesão de Trevor Siemian e comandou a virada gostosa da equipe, no cafofo do adversário, por 25×13.

A partida começou como de costume para o Broncos: Siemian interceptado. O Colts aproveitou e marcou seu touchdown, abrindo o placar com Jacoby Brisset. Após essa campanha, novamente lambança com Siemian, sendo ele sackado, perdendo muitas jardas e também a chance de abrir o placar. O ataque também colaborou para essa perda de jardas, por conta de muitas faltas cometidas.

O Colts ainda abriu mais três pontos de vantagem, com um field goal de Adam Vinatieri. A torcida já acreditava em uma vitória do Colts, quando o menino Osweiler começou a dar show e colocar o time nos eixos, já jogando na nossa cara um touchdown corrido de 18 jardas.

Após mais um field goal de Vinatieri, Osweiler comandou o ataque para a virada, com Cody Latimer (que inclusive, pegou uma conversão de dois pontos) e Jeff Heuerman, em um lindo passe de 54 jardas. Estava lavada a alma do quarterback, da equipe e dos torcedores, apesar dos pesares. A partida acabou um Broncos comandando tranquilamente uma vitória, mas já sem chances de playoffs.

A próxima partida do Broncos será contra o Redskins no FeDex Field, e do Colts será contra o Ravens, no M&T Bank Stadium.

colts x broncos semana 15 da nfl
Foto: Reprodução

New England Patriots x Pittsburgh Steelers

Podemos dizer que esse foi o melhor jogo da rodada, além do mais polêmico! Steelers e Patriots fizeram o pote de mostarda transbordar, em um placar de 27×24, na virada do Patriots. Um dos destaques da partida foi o TE Rob Gronkowski, que foi decisivo nas últimas campanhas para manter a equipe de New England com a posse de bola.

Apesar do Patriots abrir o placar com Rex Burkhead e sair na frente, o Steelers foi para o vestiário com a vantagem. O time preto e amarelo pontuou com touchdowns de Eli Rogers e Martavis Bryant, além de um field goal de Boswell. Para diminuir, os visitantes ainda marcaram um field goal com Gostkowski.

Voltando dos vestiários, foi mais uma troca de pontos, principalmente com um desempenho não muito satisfatório da defesa do Patriots. Após touchdowns para lá e pra cá, Gostkowski acertou mais um field goal, encostando no placa, e foi aí que as coisas ficaram mais emocionantes.

Quando o Steelers devolveu a bola, Tom Brady tinha exatos 2:06 no relógio para decidir o destino do seu time. Os destinos de Brady e Gronkowski foram traçados na maternidade, porque ambos salvaram a equipe e comandaram a virada épica, que acabou em um touchdown de Dion Lewis.

Torcida do Steelers calada, hora de correr atrás do prejuízo. JuJu Smith-Schuster ganhou incríveis 69 jardas e acendeu o fogo da esperança no Heinz Field! Era hora de virar, certo? Jesse James recebeu a bola e marcou o touchdown que viraria a partida, mas logo depois os árbitros de vidro revisaram a jogada e anularam a pontuação. Em seguida, na última tentativa, Ben Roethlisberger acabou sendo interceptado na endzone, sacramentando a virada épica do Patriots.

Sobre a jogada polêmica e regras da NFL sobre recepções, você pode acompanhar e saber um pouco mais aqui, nessa explicação bacana do Paulo Antunes e do Everaldo Marques.

A próxima partida do Steelers será contra o Texans no NRG Stadium, enquanto do Patriots será contra o Bills no New Era Field.

Dallas Cowboys x Oakland Raiders

Esse foi outro jogo maluco, em que tivemos muita polêmica e muita confusão. Esse final de temporada regular está pegando fogo e nós estamos jogando mais lenha, né? Fechando o domingo da semana 15 da NFL, o Cowboys conseguiu uma vitória fora de casa por 20×17 e se mantém como uma deusa na esperança pequena para os playoffs.

Os visitantes começaram fazendo a festa no Coliseum, dominando o primeiro quarto, abrindo o placar com um field goal de 45 jardas de Dan Bailey e um touchdown de Rod Smith. Do lado do Raiders, além de um desempenho pífio no ataque, ainda desperdiçaram um field goal. Hora boa para perder pontos, não?

O primeiro touchdown do Raiders veio só após o intervalo, em uma conexão de Carr para Crabtree e o empate veio após uma interceptação no QB Dak Presscot, quando aproveitaram o turnover e marcaram o field goal com Giorgio Tavvechio.

No último quarto, partida empatada em 17×17, tivemos algo inusitado: após uma quarta descida de Dak Presscot, para ter certeza de que foi realmente convertida em first down, a zebra usou um pedaço de papel para se assegurar de que a bola tinha passado da linha. E em 2017 você achava que teríamos carros voadores, hein? No fim, Dan Bailey acabou marcando o field goal da vitória do Cowboys, nos instantes finais da partida.

O Raiders ainda tinha chance de virar o jogo, após chegar na redzone por conta de faltas da defesa adversária. Era só fazer, certo? Não, porque Derek Carr, enquanto corria com a bola, soltou a carne na linha uma jarda, concretizando a vitória do adversário. Será que ele foi para o cantinho da disciplina?

Na próxima rodada, que será a natalina, o Raiders enfrentará o empolgado Eagles no Lincoln Financial Field e o Cowboys receberá o Seahawks no AT&T Stadium.

Atlanta Falcons x Tampa Bay Buccaneers

A NFC South está insana e nós só vamos acompanhar o caos até a última partida da temporada regular! Com a vitória do Falcons por 24×21, a briga com Saints e Panthers fica cada vez mais interessante.

Os dois quarterbacks da partida jogaram bem, mas apenas um sairia com a vitória: Matt Ryan alcançou 212 jardas, enquanto James Winston ficou com 299 não conseguiu sair vitorioso. Um dos destaques do jogo também foi Devonta Freeman, com 126 jardas.

As duas equipes fizeram uma troca de touchdowns: Falcons abriu o placar com Justy Hardy e logo após, Winston lançou para O.J Howard, para deixar tudo igual. O empate duraria por pouco tempo, pois Atlanta conseguiu de novo uma boa vantagem no placar.

O Bucs até tentou encostar novamente, após touchdown de Mike Evans, mas o Falcons está empolgado com sua sequência. Devonta Freeman, o homem do jogo, correu 32 jardas e marcou o touchdown que deu a vitória para a equipe. No fim do jogo, o Bucs ainda teve chances de empatar com um touchdown de Adam Hupbries e um field goal salvador, que Patrick Murray acabou errando, deixando a equipe sem nenhuma esperança. Agora percebem a importância de um kicker?

A próxima rodada será quente para ambas as equipes: o Buccaneers pega o Panthers no Bank Of America Stadium e o Falcons irá até a casa do Saints, no Mercedez-Benz Superdome. Essa divisão PROMETE!

Rapidinhas da rodada:

Chicago Bears 10 x 20 Detroit Lions: O Lions não quer largar o osso dos playoffs e vai tentando até o fim! O torcedor deve estar com os exames cardiológicos em dia, pois o time está disposto a dar emoções. Do lado do Bears, Trubiski sendo Trubiski, nada novo.

Los Angeles Chargers 13 x 30 Kansas City Chiefs: Duelo de divisão, times se arrebentando, gostamos! As coisas andam melhores para o Chiefs, que parou de decepcionar o pessoal e parece que voltou com tudo. Philip Rivers não deixou o torcedor do Chargers feliz, pois não estava nos seus melhores dias. Ambas as equipes possuem chances de avançar, em especial o Chiefs.

Miami Dolphins 16 x 24 Buffalo Bills: Parece que o Dolphins ficou com a ressaca pós-vitória, não conseguindo aproveitar bem as chances e deixando McCoy e Tyrod Taylor fazerem o que quisessem em campo. O Bills continua na briga para a próxima fase, hein?

Baltimore Ravens 27 x 10 Cleveland Browns: O Browns anda atrevido, mas mesmo assim não foi dessa vez que parou algum time. A vitória ficou com o Flacco Elitão e sua super defesa, que ainda brigam por um lugar ao sol.

Cinccinati Bengals 7 x 34 Minnesota Vikings: Atropelo viking, Reis do Norte, possível bye week na primeira semana dos playoffs, . Quanto ao Bengals, Deus no comando. Ah, temos de volta Teddy Bridgewater, após dois anos da sua lesão. Ficamos felizes vendo jogadores voltarem!

New York Jets 19 x 31 New Orleans Saints: Apesar do placar meio elástico, não foi um jogo fácil. O Jets conseguiu muitos êxitos em jogadas terrestres, inclusive com o nosso nome 5ª série preferido, Bilal Powel, que entrou e abriu o placar a favor dos visitantes. A diferença foi que o Jets não tem Deus Bress misturado com Kamara e Ingram, por isso deu no que deu.

New York Giants 29 x 34 Philadelphia Eagles: O Giants deu um baita susto no Eagles por um bom tempo, dando aquela sensação de “saudades Wentz”, mas Nick Foles deu conta do recado e está indo bem no comando do ataque das águias. Foi por pouco, hein?

Arizona Cardinals 15 x 20 Washington Redskins: Jogo feio, onde o menos pior foi o Redskins. Ambos estavam de mãos dadas, olhando a temporada 2018, porque não tem mais nada pra fazer em 2017, apenas cumprir tabela.

Green Bay Packers 24 x 31 Carolina Panthers: AARON RODGERS VOLTOU, mas não deu muito certo. Apesar de estarmos felizes com a volta do quarterback e ele, em particular, ter tido um desempenho ok para o tempo que ficou fora, o Panthers aproveitou melhor, principalmente com sua defesa pressionando muito o senhor das Hail Mary. Até 2018, Rodgers!

Houston Texans 7 x 45 Jacksonville Jaguars: Atropelo do Jaguars, que não deixou nem os ossinhos do Texans pra contar história. Vamos ver o desempenho do time nos playoffs, entre os melhores dos melhores.

Los Angeles Rams 42 x 7 Seattle Seahawks: Parece que temos mais um passeio aqui! Todd Gurley doutrinou e o Seahawks deixou a visita bagunçar sua casa. Nem o RB Russell Wilson deu jeito. Massacre dos cabritos.

Tennessee Titans 23 x 25 San Francisco 49ers:  Só tenho uma coisa a dizer sobre esse jogo e os outros em sequência que o 49ers venceu: GOAToppolo. O Titans deve se cuidar, pois não estava o mesmo de sempre, com a defesa deslumbrada pelo sorriso não produzindo nada e o Marcus Mariota em maus lençóis. Quanto à defesa do 49ers, se pararem de ceder tantas jardas, nós, torcedores, agradecemos.

Para finalizar, um momento legal na semana 15 da NFL: Ryan Shazier ovacionado no Heinz Field, quando compareceu para assistir Steelers x Patriots:

 

Essa semana teremos rodada natalina. Aproveitem para pedir ao bom velhinho o que você quer para o seu time em 2018, mas já avisando que ele não traz milagres. Para acompanhar tudo dessa penúltima rodada, fique de olho nas nossas redes sociais.

Enjoy <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *