RESUMÃO DA SEMANA 13 DA NFL

RESUMÃO DA SEMANA 13 DA NFL

O que foi essa Semana 13 da NFL? Cheia de resultados improváveis (mas improváveis MESMO), cenas lamentáveis e sustos, principalmente com Ryan Shazier e 49ers ganhando (me deixem ser feliz esta semana, por favor)! Vamos conferir essa loucura.

Washington Redskins x Dallas Cowboys

Duelo de divisão, onde um estava voando e o outro estava mais pra lá do que pra cá. Muitos apostaram no Redskins pelo desempenho até então, mas quem levou a melhor foi o Cowboys. O resultado foi de 14×38. Vamos colocar assim: o jogo não foi lá essas coisas, tecnicamente falando. O Cowboys não jogou tudo o que sabe, principalmente pela falta de Elliott, mas soube se aproveitar dos erros do Redskins (que foram muitos)!

Logo no começo, já tivemos uma interceptação de Cousins com Jamison Crowder soltando a carne. Isso seria um aperitivo do restante do jogo, do lado do Redskins. O Cowboys abriu o placar com um passe de Dak Prescott para Jason Witten com extra point convertido. Depois, mais turnovers do Redskins. Incluindo um fumble e um retorno de punt espetacular de Ryan Switzer, fazendo uma dança com o special teams de Washington. Mas nem um time soberano sobrevive com tantos erros!

Bryant entra para a história

Na volta do intervalo, tivemos história: Dez Bryant é o WR com mais passes recebidos na história do Cowboys. E, claro, ele marcou na partida com um lindo passe de Dak. O Redskins acordou e conseguiu marcar mais um touchdown (o primeiro foi no segundo quarto) para tentar dar uma animada no jogo.

Ao final da partida, tivemos a aplicação da lendária Lei Do Ex que, todos sabem, nunca falha. Alfred Morris, ex-Redskins, deitou na defesa adversária para marcar mais um touchdown. Com mais 6 pontos de Rod Smith para o Cowboys, o time da casa fechou a noite com uma importante vitória, deixando a equipe de Washington para trás na temporada.

Semana 13 da nfl
(Foto: reprodução)

Carolina Panthers x New Orleans Saints

Se recuperando do revés de semana passada, o Saints está cada vez mais próximo da vaga nos playoffs. Além disso, também do título da NFC South, ao vencer o Panthers por 21×31 em casa.

O Saints abriu o placar com Alvin Kamara, que vem sendo o destaque do time. Logo depois, o Panthers, que também precisava da vitória, encostou no placar com um touchdown terrestre de Jonathan Stewart. No segundo quarto, o time da casa dominou a partida e abriu boa vantagem, com um ataque muito eficiente, liderado por “Deus” Brees. O Panthers até que tentou uma reação, com um touchdown de Devin Funchess, mas a defesa segurou após isso.

Semana 13 da NFL
(Foto: reprodução)

Philadelphia Eagles x Seattle Seahawks

O Seahawks está instável (#fato). Não tendo muito destino certo na maioria das partidas, foi até zebra dentro de sua própria casa em casas de apostas pelos Estados Unidos. Porém, com muita mágica de Russell Wilson, garantiu a vitória por 10×24 e quebrou a sequência avassaladora do Eagles no Sunday Night dessa semana 13 da NFL.

Com muita autoridade (fora o baile), o Seahawks dominou o jogo. Tanto na parte defensiva, não deixando Carson Wentz trabalhar, quanto na ofensiva, furando toda a defesa adversária com o melhor RB  QB Russell Wilson.

O primeiro tempo foi de defesas doutrinando e Wilson fazendo milagres para achar buracos na secundária do Eagles. Seattle abriu o placar e deixou uma vantagem grande com um field goal de Blair Walsh (pasmem), além de passe Wilson > Jimmy Graham. Neste ano, o Eagles não tinha sofrido nenhum touchdown no primeiro quarto. Sempre há a primeira vez. Graças a Jay Ajayi e LeGarrette Blount, o Eagles conseguiu uma boa posição para field goal. O placar final do primeiro tempo foi de 10×3.

Wilson entra na briga para MVP

No segundo tempo, Carson Wentz não conseguia finalizar suas campanhas de ataque (!!!). Fumble na linha de uma jarda, quarta descida não convertida, etc etc etc. O desespero acabou tomando conta. O desânimo, também. Melhor para Russell Wilson, que teve atuação digna de MVP na noite.

O Eagles ainda conseguiu marcar o seu touchdown de honra com Nelson Agholor. Porém, não foi o suficiente. A defesa do Seahawks dominou mesmo o melhor ataque da Liga até então. E Wilson, como boa estrela da noite que estava sendo, acabou sacramentando a vitória com um lindo passe para JD McKissic. Será que Russell Wilson chega perto do MVP este ano? Anda merecendo demais!

Semana 13 da NFL
(Foto: reprodução)

Pittsburgh Steelers x Cincinnati Bengals

O Monday Night Football que fechou a semana 13 da NFL pode ser resumido em uma palavra: violento. Com jogadores do Steelers suspensos (veja os detalhes aqui) e uma lesão preocupante de Ryan Shazier, o Steelers ainda conseguiu uma vitória suada no fim. A virada ficou no placar de 23×20, no Paul Brown Stadium. O Twitter oficial do Pittsburgh Steelers também fez sua declaração sobre o estado de saúde do jogador. Você pode conferir aqui .

Quanto ao jogo, o Bengals começou dominando a partida, abrindo o placar com um field goal de Randy Bullock. Logo após, Andy Dalton encontrou A.J Green duas vezes para ampliar o marcador. Uma coisa que estava esquisita era a defesa do Steelers, que ficou sem clima de jogo após a lesão de Shazier. Na verdade, o clima ficou tenso no estádio, com uma rivalidade fervendo e times um tanto estranhos.

O Steelers teve uma leve reação com um passe de Ben Roethlisberger para Le’Veon Bell, mas o Bengals respondeu com mais um field goal de Bullock.

No último período, com duas posses atrás, o Steelers correu atrás do prejuízo e empatou com um FG de Boswell e um TD de Antonio Brown. Nos quatro segundos finais, novamente o kicker acertou um FG para garantir a vitória importante do Steelers fora de casa. Bengals, o que você fez? Parecia impossível perder!

Semana 13 da NFL
(Foto: reprodução)

Rapidinhas da Semana 13 da NFL:

Minnesota Vikings 14 x 9 Atlanta Falcons: Defesa gigante que não deixou os falcões voarem. Vikings é o verdadeiro Rei do Norte, compensando o pequeno fiasco de 2016 (o posto do fiasco agora ficou com o Chiefs).

Detroit Lions 20 x 44 Baltimore Ravens: O Ravens além de EMPOLGAR, deve estar colocando o Flacco como elite neste momento. Lions até tentou, mas foi engolido por uma das melhores defesas do campeonato (vamos esquecer quando ela deixou a desejar, né?).

New England Patriots 23 x 3 Buffalo Bills: Nada fora do normal. Patriots vencendo, mas o destaque é da defesa, que já foi deveras cornetada por alguns torcedores. Ah, tivemos Gronk suspenso por violência desnecessária e consolo jogado em campo, igual a 2016. Será que esse objeto é algum recado que a torcida do Bills quer dar?

San Francisco 49ers 15 x 14 Chicago Bears: Melhor música para resumir esse jogo: “se chorei ou se sorri, o que importa é que emoções eu vivi”. Choramos por conta do Cairo Santos novamente lesionar a virilha e ficar fora da temporada. E sorrimos porque o 49ers conseguiu sua segunda vitória na temporada, com ELE, Garoppollo em campo. QUE HOMEM, com aquele maldito sorriso que desestabilizou a defesa do Bears!

Tampa Bay Buccaneers 20 x 26 Green Bay Packers: O torcedor do Packers deve estar com o coração em dia, porque nunca se sabe quando vem um triunfo ou uma derrota feia dos cabeças de queijo. Vitória importante, e mais importante que isso, só Aaron Rodgers cada vez mais perto de voltar (pelo menos ele anda mexendo o bracinho direitinho).

Indianapolis Colts 10 x 30 Jacksonville Jaguars: O Colts já está pensando em 2018 e o Jaguars está pensando só nos playoffs. Com uma vitória tranquila, os gatinhos estão correndo atrás para garantir uma boa posição na próxima etapa, tentando desbancar o rival de divisão Tennessee Titans. Quem leva?

Denver Broncos 9 x 35 Miami Dolphins: Torcedores do Broncos neste momento: “meu Broncão está morto! Não preciso ir para o Super Bowl, só quero um ataque que produza. Achas que tens o que é preciso para voltar o ‘respeito'”?. Não tá fácil para o Broncos. Melhor para o Dolphins, que carimbou mais uma vitória no currículo 2017.

Kansas City Chiefs 31 x 34 New York Jets: O Chiefs não cansa de cair, e dessa vez foi para o Jets, que ninguém dava muita importância, mas ainda respira por aparelhos e sonha com alguma coisa adiante. Ah, e foi de virada, que é mais gostoso.

Houston Texans 13 x 23 Tennessee Titans: “a vingança nunca é plena, mata a alma e envenena.”. Lembram que lá no começo da temporada o Titans sofreu um verdadeiro passeio do Texans? Pois é, o jogo virou, não é, queridinhos? Agora temos o líder da AFC South, lutando para manter-se no lugar mais alto, junto com o Jaguars. Que falta faz o menino Deshaun, hein Texans?

Cleveland Browns 10 x 16 Los Angeles Chargers: Josh Gordon voltou ao Browns, e que volta! Apesar da derrota, o jogador foi crucial para um bom desempenho da equipe em campo. Repararam que o Browns anda perdendo por poucos pontos/posse de bola? Acredito muito no renascimento desse time, para o bem da Liga.

Los Angeles Rams 32 x 16 Arizona Cardinals: Foi um passeio no deserto, com o Rams caminhando a passos largos para os playoffs, se tudo correr bem. Gabbert foi Gabbert e Goff mostra os motivos pelos quais foi a primeira escolha do draft de 2016. A defesa do Rams também tem muitos méritos sobre a vitória, ajudando a quebrar o tabu de 12 anos sem uma campanha positiva.

New York Giants 17 x 24 Oakland Raiders: Para os torcedores do Giants, que sofreram com um Eli muito tristinho no banco, a derrota “pouco” importou. McAdoo, uma das laranjas podres da equipe, foi demitido para alegria geral da nação. Pelo lado do Raiders, grande parte da vitória deve-se ao “The Beast Mode”.

Para encerrar o resumão, vamos ficar com uma imagem bem bonita da semana 13 da NFL:

Semana 13 da NFL
Será esse homem quem irá trazer a esperança de volta ao 49ers? (Foto: reprodução)

Vamos começar a semana 14 com um duelo que promete ser muito bom: New Orleans Saints embalado x Atlanta Falcons despencando. Para novidades e notícias dessa semana, fique de olho nas nossas redes.

Enjoy <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *