RESUMÃO DA RODADA – SEMANA 3 DA NFL

RESUMÃO DA RODADA – SEMANA 3 DA NFL

click here “Muita polêmica, muita confusão”, essa é a frase que resume a semana 3 da NFL. Após o polêmico discurso do presidente dos Estados Unidos (que você pode conferir aqui), jogadores, GMs e coaches se posicionaram e protestaram de forma pacífica em campo (o que rolou em campo a respeito de protestos, você confere aqui). Além dos protestos, tivemos muita coisa boa em campo. Sem mais delongas, vamos conferir o que aconteceu em alguns jogos nessa rodada:

important link Los Angeles Rams x San Francisco 49ers

more information E quem falou que esse jogo seria ruim, por serem dois times que não brilham, se enganou feio! Rams e 49ers fizeram uma das melhores partidas da rodada, no Thursday Night Football. A título de curiosidade, foi também a partida com mais pontos em um TNF na história da NFL.

Specifics A partida começou com os 49ers tímido e o QB dos Rams, Jared Goff acertando muitos passes e avançando com sua equipe facilmente. O RB Todd Gurley também foi um grande destaque dessa partida. A cada touchdown feito, um era devolvido, principalmente no primeiro tempo. As defesas tiveram bastante dificuldade em parar os ataques.

important source Nos momentos finais, nada estava definido. Os últimos minutos foram eletrizantes, com os 49ers segurando o ataque dos Rams na linha de uma jarda e recuperando a posse de bola. Carlos Hyde entrou na endzone e deixou o placar mais encostado. Porém, a conversão de dois pontos não deu certo (mais uma para a estatística).

buy k 25 phentermine A sorte parecia estar ao lado dos 49ers, quando a equipe recuperou um onside kick. Porém, esquecemos que o QB é o Brian Hoyer. Ele até tentou, mas não conseguiu avançar para uma posição de field goal e vencer a partida. Acabou mesmo em http://dericmuhammad.com/?xv=how-long-phentermine-kick-in&fbd=29 41×39, com os Rams liderando a NFC West.

taking phentermine with high cholesterol

http://maccentre.com/?vs=phentermine-u.s.p&d46=26 Baltimore Ravens x Jacksonville Jaguars

http://swindonviewpoint.com/video/hawthorn-centre?destination=node/32?page=2 Na terra da Rainha, os únicos corvos que ficaram tranquilos foram os da Torre de Londres. Os de Baltimore foram engolidos pelos Jaguars na semana 3 da NFL, primeiro jogo da temporada em Londres.

http://longboardlarry.com/?yb=phentermine-europe&f3e=2b Em uma partida brilhante do QB Blake Bortles, os Jaguars dominaram os Ravens, com Joe Flacco Elite sofrendo muitos sacks e não conseguindo completar seus passes. A equipe de Jacksonville não tomou conhecimento da “melhor defesa da NFL”, que estava desfalcada e sentiu isso da pior forma.

Additional bonuses Resumindo a partida em miúdos: foi Pr oposed 44×07, fora o baile. Os Ravens sumiram em campo e os Jaguars estavam irreconhecíveis (para melhor). Os desfalques defensivos dos corvos fizeram falta e isso refletiu no time. Eles fizeram apenas 15 (QUINZE!!!) jardas em todo o jogo.

phentermine 37.5 without exercise Atlanta Falcons x Detroit Lions

Foi um jogo sensacional, com Stafford crescendo ao longo da partida e os Falcons quase perdendo. Lembrou o Super Bowl LI. Após começar dominando a partida, o Atlanta Falcons acabou cedendo um pouco do “poder” para os donos da casa, que lutaram até o fim.

A semana 3 da NFL pode ser conhecida como “a semana dos quarterbacks irreconhecíveis”. Matt Ryan foi interceptado três vezes, marca nada comum para ele, e isso foi um ponto crucial para o time dos Lions respirar no jogo. Ah, e podemos dizer sim, que essa defesa dos Lions está uma verdadeira muralha, dando dificuldades aos ataques adversários.

Com 2:23 no relógio, os Lions tentaram marcar o touchdown que daria a vitória em casa. De fato, a equipe entrou na endzone, mas os árbitros revisaram a jogada e não validaram a pontuação. O placar final foi de more 30×26.

up coming page Oakland Raiders x Washington Redskins

O Washington Redskins não teve muita diplomacia com o visitante e mostrou de quem é a casa. Com uma atuação brilhante, dando destaque para sua OL (viu Packers, Seahawks e cia?), a equipe dominou. Pelo lado dos Raiders, tivemos um Derek Carr irreconhecível (lembram do que falei ali em cima?).

Aproveitando bem os turnovers e seus recebedores (saudades, Vernon Davis nos 49ers), Kirk Cousins obteve jogadas espetaculares e em nenhum momento teve a vitória ameaçada ou sentiu os Raiders em campo. Nada funcionava para os visitantes, principalmente seu ataque. Os Raiders marcaram apenas 10 pontos para um dos melhores ataques da liga até então. Sua OL permitiu alguns sacks em Carr.

Após um visitante com desenvolvimento pífio e o time da casa jogando com maestria, a partida acabou em Much more 10×27.

http://adamjamessorensen.com/wp-cron.php?doing_wp_cron=1512572707.2659459114074707031250 Arizona Cardinals x Dallas Cowboys

Os Cowboys tiveram uma importante vitória fora de casa na semana 3 da NFL. Ela serviu para recuperar a confiança após a amarga derrota para os Broncos na rodada anterior.

Os Cardinals abriram o placar e tiveram um touchdown anulado por holding ofensivo. Após isso, os Cowboys marcaram um lindo touchdown pelas pernas do QB Dak Prescott. O domínio das defesas foi um ponto alto na primeira etapa da partida, principalmente do lado do visitante. Os Cardinals conseguiram anular Ezekiel Elliott e dificultaram a vida de Prescott.

A partida foi bem disputada, mas chegou o ponto em que os Cardinals não conseguiram mais segurar. O ataque comandado por Dak mostrou porque foi a sensação da temporada 2016 e acabou furando o bloqueio dos donos da casa. O placar acabou em  http://friendsofthekelleyfarm.org/?yx=phentermine-medical-uses&9da=da 17×28. Carson Palmer sofreu com a falta de proteção e acertou apenas 29 passes de 48 tentativas, o que refletiu e muito para os donos da casa avançarem e encostarem no placar.

Crédito: Charles LeClaire-USA TODAY Sports

Confira todos os resultados da semana 3 da NFL:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *