PRÉVIA THURSDAY NIGHT FOOTBALL – WASHINGTON REDSKINS X DALLAS COWBOYS

PRÉVIA THURSDAY NIGHT FOOTBALL – WASHINGTON REDSKINS X DALLAS COWBOYS

Vamos começar mais uma semana de jogos da NFL e a cada rodada, a temporada regular fica mais curta. Hoje ela começa com um duelo de divisão cujo resultado pode definir o rumo das equipes para a pós-temporada ou não. O Thursday Night Football vem com Washington Redskins x Dallas Cowboys diretamente do AT&T Stadium para abrir mais uma semana!

Os dois times jogam uma semana depois de atuarem no dia de Ação de Graças. A chance de chegarem até a pós-temporada para a vaga de wildcard ainda existe, mas as atuações dos times estão deixando a desejar se esse é realmente o intuito deles. A esperança entra em campo, mas sem bons resultados e atuações convincentes, ela não adiantará de nada.

Ainda na briga pela divisão

O jogo contra o Giants foi um exemplo da gangorra que é o Redskins na temporada. Após conseguir 31 pontos na derrota sobre o Saints, o time sofreu para marcar 20 e vencer a equipe trôpega de Nova York. No primeiro tempo, foi apenas um field goal perto do relógio zerar.

Ainda assim, Kirk Cousins tem mantido um bom número de jardas. Nessas duas ultimas partidas, ele anotou 322 e 242 jardas respectivamente com cinco touchdowns combinados. Mas sua linha ofensiva está instável, permitindo apenas dois sacks contra a defesa do Saints e seis contra a defesa do Giants.

A equipe do Redskins, assim como todas as outras da NFL, tem sido muito afetada pelas lesões. Dentre os recebedores, o time perdeu o WR Terrelle Pryor e o TE Jordan Reed, seus principais jogadores na posições. Com isso, Jamison Crowder tem despontado como principal recebedor de Kirk Cousins, nos últimos dois jogos ele recebeu 14 passes enquanto os demais recebedores não passaram de seis.

O TE Vernon Davis também tem sido uma opção para Cousins, mesmo quando não recebe passes, como na última partida, ele tem sido eficiente em bloqueios e em proteção ao passe.

Para a sorte do Redskins, a defesa aérea do Cowboys é a 21ª da Liga, permitindo a média de 235,7 jardas de passe por partida e cedendo pelo menos dois touchdowns aéreos nas últimas quatro semanas. Contra o Los Angeles Chargers, Philip Rivers lançou para três e todos para recebedores diferentes.

No último jogo entre as equipes o S Byron Jones conseguiu uma interceptação de 21 jardas, retornada para o único touchdown da sua carreira. O CB Chidobe Awuzie precisaria de mais experiência para cobrir um WR rápido como Josh Doctson, então possívelmente Cousins pode tentar alguns passes para esse lado.

Assumindo a responsabilidade

Talvez o jogo corrido tenha sido o setor mais afetado pelas lesões. O time já perdeu, para o resto da temporada, Rob Kelley e Chris Thompson. Nos últimos jogos, o calouro Samaje Perine foi o RB 1 do time. Contra o Giants, ele conseguiu a maior marca da sua carreira com 100 jardas corridas e 30 de recepção.

A linha de frente do Cowboys também é um setor que sofre com lesões. Depois de perder o LB Sean Lee, o time não tem encontrado o “jeito certo” para defender corridas ou pressionar quarterbacks. Sem o LB, o time desistiu das blitzes para evitar lances para o fundo do campo. Para parar Perrine, o LB Jaylon Smith será a melhor opção. Na partida contra o Chargers ele teve oito tackles e lidera o time com 66. Para o pass rush, DeMarcus Lawrence deve ser a principal pressão para Kirk Cousins, ele já tem 11,5 sacks na temporada e é o 3º da Liga.

O “sophomore slump” é uma realidade?

A falta de Ezekiel Elliott parece ter exposto toda a vulnerabilidade do ataque do Dallas Cowboys. O QB Dak Prescott teve as três piores semanas da sua carreira, ele não anotou nenhum touchdown de passe e foi interceptado cinco vezes.

Essas atuações já levam à pergunta se o jovem QB não está passando pelo “sophomore slump”, a queda de produção que jogadores de segundo ano apresentam após se destacarem no seu ano de estreia. O total de pontos do time contra os adversários nesse período é de 92-22.

Mesmo liderando o time com 53 recepções e 4 touchdowns, o WR Dez Bryant não tem conseguido ser o jogador de impacto de outras temporadas. Mas ainda assim, não deve ser desconsiderado em situações de redzone. O TE Jason Witten e os WRs Cole Beasley e Terrence Williams são outros alvos de confiança de Prescott, mas que não têm conseguido anotar pontos.

O principal duelo da batalha aérea deve ser entre Dez Bryant e o CB Josh Norman. Ele tem tido uma temporada consistente, mas em dois jogos importantes, os dois últimos, contra o Minnesota Vikings e o New Orleans Saints, ele deixou a desejar. Ele ainda não fez nenhuma interceptação na temporada, mas tem dois fumbles forçados.

Sem Elliott, sem jogo corrido

A ausência de Ezekiel Elliott tem afetado, e muito, o ataque terrestre do Cowboys. Nos últimos três jogos sem ele, o time acumulou 68 carregadas para 298 jardas, menos de 100 jardas por partida. O titular tem sido o veterano Alfred Morris, que jogará contra seu ex-time. Ele ainda não anotou nenhum touchdown enquanto substitui Elliott e carregou a bola 37 vezes para 180 jardas. O RB foi parado pela defesa do Los Angeles Chargers anotando apenas 36 jardas.

Mesmo com a volta de Tyron Smith, a linha ofensiva do Cowboys não lembra de longe a força que demonstrava desde o ano passado. E a linha defensiva do Redskins vem para pressionar, mesmo tendo cedido mais de 100 jardas em seis dos oito últimos jogos. Os LBs Ryan Kerrigan, Zach Brown e Preston Smith estão atuando muito bem. Kerrigan anotou dois sacks nos dois últimos jogos, Brown lidera a NFL com 110 tackles e Smith tem 4,5 sacks na temporada.

Washington Redskins x Dallas Cowboys: o que esperar

Quando os times se encontraram na semana 8, o Cowboys venceu a partida por 33 a 19. Agora com os problemas que tem sido expostos, a vantagem vai para o lado do Redskins. A vitória já deixa o adversário virtualmente fora da corrida para os playoffs e como é um duelo de divisão, não devemos subestimar nenhum lado. E fevereiro está chegando, lembrem-se disso! Depois não reclamem que não tem um jogo assim para assistir em maio. Bom jogo a todos!

2 thoughts on “PRÉVIA THURSDAY NIGHT FOOTBALL – WASHINGTON REDSKINS X DALLAS COWBOYS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *