PRÉVIA THURSDAY NIGHT FOOTBALL – CARDINALS VS 49ERS

PRÉVIA THURSDAY NIGHT FOOTBALL – CARDINALS VS 49ERS

O duelo “Color Rush” que inicia a quinta rodada da NFL traz um jogo entre rivais de divisão que estão lutando para não ficar em último. O Arizona Cardinals viaja até Santa Clara para enfrentar o San Francisco 49ers nesta quinta de noite.

O Cardinals vem sendo uma surpresa negativa na temporada, já que todos esperavam aquele mesmo time que ano passado teve uma campanha 13-3 e que chegou à final de conferência contra o Carolina Panthers. O time do técnico Bruce Arians até agora só venceu uma partida e já perdeu contra seus outros dois rivais divisão, Rams e Seahawks, agora luta contra mais um rival para tentar escapar da última posição. 

Mesmo mantendo vários jogadores do time vencedor da temporada passada, o time não tem tido o mesmo rendimento, já que nas 3 derrotas o time não chegou a marcar nem 21 pontos. E se as coisas já não estavam fáceis com Carson Palmer chamando as jogadas, elas podem ficar mais complicadas ainda pois Palmer sofreu uma concussão no último jogo contra o Rams e entrou no protocolo da liga, em seu lugar entra Dean Stanton, cujo rating durante a carreira é de 66,5,  e em 2014, quando titular por meia temporada, seu rating foi de 78,7.

Stanton terá que confiar nas corridas de David Johnson, o running back que até agora já marcou 3 touchdowns e tem uma marca de 510 jardas a partir da linha de scrimmage e no veterano wide receiver Larry Fitzgerald, que no último encontro contra o Niners em 2015 marcou 2 touchdowns e 134 jardas. Outros alvos de Stanton serão os WRs Michael Floyd e John Brown.

A defesa dos Cards contam com a liderança de Chandler Jones para furar a OL do Niners, já que em todos os 4 jogos com a equipe ele anotou pelo menos um sack. Na secundária, Patrick Peterson e Tyrann Mathieu tem a tarefa de cobrir e interceptar os receivers de San Francisco. 

Já San Francisco, mesmo com o seu QB titular, Blaine Gabbert, não está inspirando muito a torcida com suas atuações, torcida esta que já pede ao técnico Chip Kelly a sua substituição e a entrada de Colin Kaepernick numa tentativa de reanimar o time.

Gabbert na derrota contra Dallas jogou para 196 jardas e teve uma interceptação. Alternando entre bons passes e verdadeiros “patos mortos”, se Gabbert não melhorar a porcentagem de conversão de terceiras descidas, que é a pior da liga, ele pode começar a ver os jogos do banco num futuro próximo. 

Uma das esperanças do Niners, assim como no Cardinals, está no jogo corrido. O RB Carlos Hyde, que contra Dallas anotou 74 jardas e um touchdown é novamente a chance do niners. No jogo aéreo, Gabbert precisa melhorar seu jogo e aprimorar sua pontaria para Torrey Smith, Jeremy Kerley, que anotou um touchdown no último jogo e o TE Garrett Celek.

Já a defesa sofreu um baque no começo da semana quando foi anunciado que NaVorro Bowman, o líder da defesa, sofreu uma ruptura do tendão calcâneo e estará fora pelo resto da temporada.

A primeira escolha do draft deste ano, DeForest Buckner, também ficará de fora por problemas no pé. A boa notícia é a volta de Aaron Lynch após suspensão, Lynch teve 6,5 sacks no ano passado e pode ser o substituto de Bowman na pressão em cima do quarterback. Antoine Bethea e Eric Reid assumem a secundária na tentativa de cobrir Fitzgerald e os demais recebedores do Cardinals. 

Com o pouco tempo de descanso e sendo um duelo de rivalidade, este pode ser um jogo a ser decidido pelo time que souber lidar melhor com suas adversidades para vencer o rival.

Deixe sua opinião nos comentários sobre quem leva esse Thursday Night Football. Enjoy <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *