PRÉVIA SUNDAY NIGHT FOOTBALL – PHILADELPHIA EAGLES X DALLAS COWBOYS

PRÉVIA SUNDAY NIGHT FOOTBALL – PHILADELPHIA EAGLES X DALLAS COWBOYS

Mais um domingo cheio de jogos na semana 11 da NFL e que vai terminar com um jogo que promete! Um duelo de divisão que vem agitando as torcidas há anos. Mesmo com desfalques nos dois times, teremos um Philadelphia Eagles x Dallas Cowboys que vai botar fogo na NFC East.

No ano passado, cada time venceu um duelo de divisão e esse será o primeiro jogo entre as duas equipes na temporada. Com os dois quarterbacks titulares no seu segundo ano, os times miram os playoffs.

Descansado e liderando a divisão

O Eagles vai visitar o Cowboys descansado e com uma sequência de sete vitórias seguidas.

Com 23 touchdowns e sete interceptações, o QB Carson Wentz lidera o time com destreza e também as especulações para ser o MVP da temporada. Isso se deve ao fato dele ser um QB móvel e distribuir seus passes entre diversos recebedores, botando o time na 4ª colocação da Liga com a média de 377 jardas aéreas.

Philadelphia Eagles x Dallas Cowboys
Jovem, talentoso e com vontade de vencer um Super Bowl, parte 1 (Foto: NJ.com)

Um dos maiores alvos de Wentz, Zach Ertz, perdeu um jogo por uma lesão na musculatura posterior da coxa. Passada a semana de descanso, o TE, líder da posição na NFL em recepções (43), jardas(528) e touchdowns (6), deve estar de volta nessa partida. Ele se junta a Nelson Agholor, uma das surpresas do time na temporada e Alshon Jeffery no campo. Jeffery foi o principal recebedor do time nos últimos três jogos, recebendo para três touchdowns. E não se espante se Torrey Smith aparecer agarrando em profundidade. Mesmo não aparecendo muito ultimamente, o WR pode ser uma carta na manga do playbook de Doug Pederson.

Os cornerbacks do Cowboys, Orlando Scandrick e Anthony Brown, vão ter que se desdobrar na cobertura. Mesmo permitindo um touchdown para Justin Hardy no jogo contra o Atlanta, Brown permitiu apenas duas recepções das cinco em que foi alvo, além de defender outros dois passes. Scandrick pode cobrir principalmente o slot, sua especialidade, em quem permite em média menos de uma jarda (0,98) a cada snap.

Variedade também no jogo corrido

Não é só nos recebedores que o Eagles tem variedade, ela também está no jogo corrido. Para distribuir a bola nos handoffs, Wentz tem quatro opções, LeGarrette Blount e o recém-chegado Jay Ajayi, que deve ter aproveitado o bye para se aprofundar no playbook. Blount já tem dois touchdowns na temporada e Ajayi já anotou um na sua estreia. As outras opções para corrida são os calouros Corey Clement e Donnell Pumphrey. Clement funciona como ameaça dupla, já tendo anotado dois touchdowns corridos e três recebendo passe. Pumphrey apareceu nos dois últimos jogos e já tem 105 jardas e dois touchdowns.

Philadelphia Eagles x Dallas Cowboys
Jay Ajayi não tinha nenhum touchdown esse ano pelo Dolphins, logo na estreia pelo Eagles, ele saiu do zero (Foto: Tim Hawk/NJ.com)

Parte do sucesso do Eagles no jogo terrestre vem da linha ofensiva, quatro dos cinco titulares estão entre os melhores das posições no bloqueio para a corrida. Mesmo com a falta de Jason Peters, o time tem conseguido abrir espaços. Destaque para o tackle Lane Johnson que conseguiu anular Von Miller no jogo contra o Denver Broncos e em oito jogos permitiu apenas dois sacks em Wentz.

Para pressionar Wentz e tentar parar os running backs, o Cowboys vai ter um desfalque grande, o LB Sean Lee não participará do jogo por estar lesionado. Jaylon Smith, Justin Durant e Anthony Hitchens devem se revezar na posição. Lane Johnson vai bater de frente com o DE DeMarcus Lawrence, segundo da posição na liga com 12 sacks e 46 pressões no quarterback nesta temporada. Esse deve ser um duelo crucial para o jogo.

Semelhanças entre quarterbacks

Um quarterback jovem, no seu segundo ano e levando o time para a frente. Não, não estamos falando de Carson Wentz, mas sim de Dak Prescott. Desde que entrou no lugar de Tony Romo no ano passado, ele tem levado o Cowboys adiante. Nesta temporada já são 183 passes para 1.994 jardas aéreas e 16 touchdowns de passe. Além disso, ele também resolve com as pernas, com 237 jardas e cinco touchdowns corridos.

Philadelphia Eagles x Dallas Cowboys
Jovem, talentoso e com vontade de vencer um Super Bowl, parte 2 (Foto: reprodução)

Prescott é mais um quarterback que distribui passes entre o time. Os WRs Dez Bryant e Cole Beasley tem quatro touchdowns cada um, Bryant também lidera em recepções ao lado do experiente TE Jason Witten, com 42 bolas recebidas cada. Witten, que continua jogando em grande nível, tem três touchdowns na temporada. Mesmo sem entrar na endzone, Terrence Williams é outra peça importante no jogo aéreo do Cowboys com 366 jardas aéreas.

Com 249,4 jardas cedidas em média, o Eagles é o 26º da Liga em defesa aérea. O trio formado por Rasul Douglas, Patrick Robinson e Jalen Mills deve fazer a cobertura, principalmente com a intenção de anular Dez Bryant. Combinados, eles têm oito das 11 interceptações do time na temporada.

Sem Elliott, sem corrida

Ezekiel Elliott suspenso, junto com o jogo corrido do Cowboys (Foto: Kelvin Kuo-USA TODAY Sports)

O time ainda tem um desfalque na linha ofensiva, o LT Tyron Smith, com problemas na virilha e na coluna, ficará de fora em mais um jogo. Seu reserva, Chaz Green, permitiu que Adrian Clayborn do Falcons conseguisse seis sacks em cima de Dak Prescott. Com as falhas de Green, Byron Bell, entrará em campo, mas não será uma garantia de proteção e bloqueios. O guard Zack Martin e o tackle La’El Collins terão um páreo duro pela frente.

Permitindo apenas 66,4 jardas em média por partida, a defesa terrestre do Eagles é a líder da NFL no quesito. No total já foram 25 sacks na temporada. Veremos a rotação entre Chris Long, Brandon Graham, Vinny Curry e o calouro Derek Barnett atuando nas pontas, já Fletcher Cox e Timmy Jernigan atuarão pelo meio. Cox, provavelmente, atuará na esquerda, setor que seria de Tyron Smith, que já tem 4,5 sacks e 32 pressões no quarterback, se posicionando como o 5º melhor pass rusher da NFL.

Philadelphia Eagles x Dallas Cowboys: o que esperar

Duelos de divisão nunca são jogos fáceis e este promete ser um jogo acirrado. O duelo nas trincheiras e estabelecer o jogo corrido desde o começo podem ser os diferenciais já que os dois quarterbacks andam com a pontaria em dia. Este ano nossas Luluzinhas que torcem para os dois times não fizeram aposta, mas uma delas já sairá na frente sobre quem é o melhor segundo anista da temporada.

Bom jogo a todos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *