PRÉVIA SUNDAY NIGHT FOOTBALL – CHIEFS VS TEXANS

PRÉVIA SUNDAY NIGHT FOOTBALL – CHIEFS VS TEXANS

O domingo da semana 5 termina com um duelo entre dois times da AFC que vêm surpreendendo neste início de temporada. Um viu a sua produção melhorar com a troca de quarterbacks e o outro é o único invicto. Em Houston, teremos Kansas City Chiefs x Houston Texans no NRG Stadium. A partir de agora, qualquer derrota pode significar muito para chegar à pós-temporada ou ficar fora dela.

O calouro QB que está dando certo

Depois de atropelar o Tennessee Titans pelo placar de 54 a 14 na última rodada o Texans jogará contra o Chiefs com confiança para vencer. E um dos responsáveis por isso tem nome, DeShaun Watson.

Depois que Watson começou como titular o time se tornou o 4º em pontos (27,5 em média). Nos dois últimos jogos ele somou 584 jardas e seis touchdowns, mas teve três interceptações. Além do jogo aéreo, ele também contribui com as pernas, foram 65 jardas corridas e um touchdown.

Watson tem conseguido conectar seus passes com os WRs DeAndre Hopkins e Will Fuller, recuperado de uma fratura na clavícula. Ambos são recebedores de bolas longas, Fuller é o mais rápido, mas tem problemas com alguns drops.

A capacidade de corrida de Watson também tem dado tela azul nos defensores. Como ele pode apresentar um play action em qualquer jogada, um defensor deve estar sempre de olho no QB em “spy”. Com esse movimento, um recebedor pode ficar sem uma cobertura completa, abrindo a janela para um passe.

Vou correr ai, ó, na sua zona. Foto: Sports Illustrated

Watson tem sido útil correndo com a bola, pois o RB 1 da equipe, Lamar Miller parece ainda não ter engrenado nesta temporada. Ele correu para 68 carregadas totalizando 257 jardas e um touchdown. Recebendo a bola, ele teve 10 passes para 120 jardas e um touchdown. As corridas de DeShaun Watson podem ter um efeito diferente e melhorar o ritmo do jogo corrido do calouro D’Onta Foreman.

Outra posição que é bastante usada no sistema de Bill O’Brien é a de tight end. Ocasionalmente, ele usa dois jogadores como Ryan Griffin e Steven Anderson tanto para receber passes quanto para bloqueios, confundindo a defesa adversária.

Um bom ataque em passes, contra uma boa defesa de passes

Mesmo sem Eric Berry, o Chiefs tem conseguido segurar os passes dos adversários. A defesa contra o jogo aéreo é a 8ª da Liga com 248 jardas cedidas, em média, por jogo. Marcus Peters assumiu o comando da secundária. Provavelmente veremos DeAndre Hopkins contra o CB Terrance Mitchell. Hopkins lidera a Liga com 31 recepções, enquanto Mitchell é o 3º geral com duas interceptações.

Mitchel é o3º geral em interceptações. Watson já foi interceptado três vezes. Foto: Usa Today

O LB Justin Houston mais uma vez deve liderar esse front seven. Ele foi o responsável por recuperar a bola após um fumble e caminhou 13 jardas para anotar um touchdown contra o Redskins já com o cronômetro zerado. Talvez a linha defensiva não conte com Dee Ford. Com problemas nas costas, o linebacker não treinou durante a semana.

O melhor ano do QB veterano

No seu segundo jogo seguido de primetime, mas dessa vez fora de casa, o Kansas City Chiefs quer continuar dando motivos para todos de que é um “Super Bowl Contender”.

Para alguns o QB Alex Smith está jogando o melhor já visto em toda sua carreira de 13 anos. Ele está liderando em rating com 124,2 e ainda não foi interceptado. Vale ressaltar que ele tem jogado em alto nível, mesmo com quatro titulares da sua ofensiva machucados. Isso tem afetado a proteção ao passe e fez com que Smith leve 6 hits por jogo, em média.

Não precisa draftar QB aqui não. Foto: Sporting News

O QB tem evitado devolver a bola aos adversários, mas a pressão contra o passe favoreceu o Texans quando as duas equipes jogaram na temporada passada.

Do outro lado: boa lista de recebedores x uma defesa que ainda está se definindo

Revelação do ano passado, o WR Tyreek Hill, vem num bom ritmo de recepções. Por enquanto são 84 recepções para 1.152 jardas e oito recepções para touchdowns.

Além de Hill, Alex Smith tem outras duas boas opções de alvo. Mesmo sendo o WR 3 da equipe, Alfred Wilson foi quem recebeu o passe de 37 jardas que permitiu que o time selasse a vitória sobre o Washington Redskins na semana passada. Mesmo com apenas 14 recepções ele já tem 140 jardas anotadas e é um dos melhores conversores para primeiras descidas. Das 14 recepções dele, 10 resultaram no avanço das correntes.

Mesmo anulado em alguns momentos, o TE Travis Kelce continua tendo sua importância no ataque. Contra o Redskins foram 111 jardas de recepção e uma recepção para touchdown.

A lesão do CB titular Kevin Jonhson e a entrada de Kareem Jackson pode ser ponto fraco a ser explorado nos passes de Alex Smith. Jackson consegue ir contra jogadas corridas, mas não sabe lidar com jogadores rápidos. Os safeties podem precisar reforçar o setor, Andre Hal e Marcus Gilchrist vem jogamdo bem. Hal fez duas interceptações na última partida.

Duas revelações em dois anos

O Chiefs apresentou Tyreek Hill à NFL na última temporada, nesta, ele nos apresenta Kareem Hunt. Esse jovem talento vem sendo parte do sucesso do time tanto correndo quanto recebendo. Ele mostrou que existe jogo corrido em Kansas City além de Spencer Ware, mesmo com a perda de Jamaal Charles, que foi para o Broncos,

Caso mantenha esse ritmo forte (em quatro jogos já são 502 jardas), é muito provável que ele ultrapasse as 2 mil já na primeira temporada profissional. Sua capacidade de recepção também é parte do sucesso, pois além de receber ele ganha jardas. Ele é o quarto do time, com 13 recepções, 157 jardas e dois touchdowns.

Hunt vai provar seu talento perante o trio formado por J.J. Watt, Whitney Mercilus e Jadeveon Clowney, que formam a 13ª defesa da Liga contra a corrida. Contra o Titans foram apenas duas conversões de terceira descida e nove primeiras descidas conquistadas. O front seven também forçou cinco turnovers, quatro interceptações e um fumble forçado. Além de limitar os fortes DeMarco Murray e Derrick Henry a 89 jardas corridas.

JJ Watt está na 13a defesa contra corrida. Foto: Houston Chronicle

De acordo com o site Football Outsiders essa é a 7ª defesa da Liga em termos de pass rush. O DE J.J. Watt parecer ter um faro para jogar bem contra o Chiefs. Nos três últimos jogos entre os times ele tem 4,5 sacks, um fumble forçado e um recuperado.

Kansas City Chiefs x Houston Texans

As duas equipes têm uma renovação na posição de quarterback. Enquanto o Texans trouxe alguém jovem e que traz esperança de que seja o novo rosto da franquia, o Chiefs viu a renovação no estilo de jogo de Alex Smith fazer o time crescer e ser temido. Com defesas fortes e ataques produtivos, o controle do relógio e os turnovers podem ser o fator decisivo no resultado final. Bom jogo a todos!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *