PRÉVIA SNF DALLAS COWBOYS X NEW YORK GIANTS

PRÉVIA SNF DALLAS COWBOYS X NEW YORK GIANTS

A temporada 2016 da NFL já está na sua 14ª semana e o caminho para os playoffs vai ficando cada vez mais estreito para os times. O jogo de hoje pode determinar além da liderança absoluta da NFC Leste, o descanso na primeira semana da pós temporada para o time que vem brilhando. O Dallas Cowboys (11-1) visita o New York Giants (8-4) no MetLife Stadium.

Estando na mesma divisão, os times não são estranhos um para o outro, este já será o segundo encontro do ano e o 110º da história com a liderança do Cowboys mantendo um recorde de 62-45-2, mas o Giants venceu os 2 últimos confrontos, sendo responsável pela única derrota do Dallas na 1ª rodada da temporada pelo placar de 20 a 19.

Duelo: Sean Lee, LB Cowboys contra QB Eli Manning

Vindo de uma derrota que acabou com uma sequência de 6 vitórias consecutivas, o New York Giants despencou diante do Pittsburgh Steelers por 24-14. No geral, a produção do time comparada ao ano passado caiu, atualmente o time é o 23º da liga em pontuação com 20,4 pontos em média, quase um touchdown a menos em relação a 2015. Um ponto positivo é que o time é o 2º menos faltoso, com 66 faltas cometidas no total.

Eli Manning precisa voltar ao nível que o levou a ganhar 2 anéis do Super Bowl, mas se apresentar o mesmo desempenho que apresentou contra o Steelers, conquistar a vaga na pós temporada será difícil. Ele completou 24 de 39 passes para 195 jardas e dois touchdowns. Ele ficou abaixo da sua média de 63,2% da temporada, em 3 dos 4 últimos jogos e não ultrapassou das 260 jardas em 6 jogos consecutivos. Manning espera desequilibrar para o lado positivo o recorde de 12-12 contra o Cowboys com 60,92% de seus passes, totalizando 47 touchdowns e 24 interceptações.

As interceptações são sempre lembradas quando se fala de Eli Manning, elas voltaram a fazer parte do seu recorde após ele ter passado 2 jogos seguidos sem sofrer a perda da bola. O Pittsburgh o interceptou 2 vezes, agora o quarterback tem 12 interceptações nessa temporada e pela 5ª vez, ele teve um jogo com mais de uma perda de bola.

Odell Beckham Jr e a recepção histórica

Principal alvo de Manning nessa temporada, Odell Beckham Jr. tem mantido níveis dignos de uma ida ao Pro Bowl, sendo o jogador mais consistente do time azul de Nova York. Contra o Steelers foram 10 passes para 100 jardas em 16 tentativas, foi seu segundo jogo de dígitos duplos nos últimos 4 jogos. Ele está em 4° na liga com 75 recepções, também em 4º em jardas de recepção com 1015 e também em touchdowns: 8, mas está em 6º na média de jardas de recepção por jogo, com 84,6. Em 5 jogos contra o Cowboys ele tem 27 recepções para 332 jardas e 4 touchdowns.

Fechando o trio de receptores, Eli Manning usará sua mira em Victor Cruz e Sterling Shepard que combinados têm 75 recepções para 959 jardas e 7 touchdowns.

No jogo corrido, o técnico Ben McAdoo conta com a volta do RB Shane Vereen, que estava de fora após sofrer ruptura do tríceps em 25/09, num jogo contra o Washington Redskins.

Mesmo jogando 3 jogos, ele teve 31 carregadas para 147 jardas e um touchdown, sua média de 4,7 jardas por carregadas é uma jarda melhor do que qualquer outro running back do time. Ele também auxilia no jogo aéreo, anotando 8 recepções para 75 jardas em 3 jogos. O que preocupa é a perda da bola pelo veterano, ele perdeu a bola 2 vezes em 3 jogos da temporada. Ele tinha tido apenas 1 fumble perdido em suas primeiras 5 temporadas.

Enquanto Vereen esteve fora, o principal corredor do time foi Rashad Jennings, que em 121 carregadas anotou 414 jardas e 2 touchdowns, eles devem dividir a responsabilidade no jogo corrido, até para Vereen voltar a ter ritmo de jogo.

Com a lesão de Jason Pierre-Paul na virilha pelo resto da temporada, o líder do front seven deve ser Olivier Vernon, que lidera o time com 8 sacks. Contra o Steelers foram 2, agora ele tem um sack marcado em 5 jogos seguidos. JPP fará falta, pois além da liderança em campo, era o 2º do time com 7 sacks e liderava o time com 8 passes defletidos.

Landon Collins, S Giants

Na secundaria, o S Landon Collins fará a marcação do jogo aéreo, nos 12 jogos do ano, ele tem 94 tackles, 3 sacks e 5 interceptações, num total de 72 jardas, incluindo uma com retorno para touchdown.

No começo da temporada, essa defesa segurou Ezekiel Elliott para a sua menor marca do ano, com 51 jardas em 20 carregadas (2,6 jardas de média) e segurou também Dak Prescott, que teve a menor marca da temporada com um rating de 69,4. Agora as coisas podem ser diferentes…

Se não fosse a derrota para o Giants no início da temporada, o Dallas Cowboys seria a única equipe invicta do ano, afinal, da semana 2 em diante o time só acumulou vitórias, a última foi sobre o Minnesota Vikings pelo placar de 17-15. Apesar de ser um time quase invicto, não é mais um time perfeito. Contra o Vikings foram 264 jardas ofensivas e também aconteceram 2 perdas de bola. Segundo o site NFL Penalty Tracker, o time já recebeu 79 bandeiras de falta, totalizando 652 jardas a favor dos adversários.

Dak Prescott. Rookie QB. Primeito jogo da carreira na semana 1

O sucesso do ataque está na sincronia do time ofensivo como um todo, começando pelo QB Dak Prescott, que no momento é o 3º melhor passador da liga com 19 touchdowns e apenas 2 interceptações. Sua porcentagem de acertos em passes tem ficado entre as melhores da liga em torno de 68%, apenas quando jogou contra o Philadelphia Eagles que ele ficou abaixo, com 48,7% e ainda assim saiu com a vitória. Sua média de 8,3 jardas por tentativa está entre as melhores da NFL. Mesmo sendo um calouro, Prescott está lidando muito bem quando recebe pressão. Em situações de blitz, sua porcentagem de acerto de passes está em 66% com a média de 9,4 jardas por tentativa, arremessando para 8 touchdowns e nenhuma interceptação.

O segundo pilar do sucesso ofensivo do Cowboys é a sua poderosa linha ofensiva, considerada uma das, senão a melhor da liga. Apesar de no jogo contra o Vikings não ter apresentado sua melhor performance, permitindo que Prescott fosse sacado 3 vezes, enquanto nos 4 jogos anteriores isso tenha acontecido 7 vezes no total. No geral, o time permitiu o 5º menor número de sacks da temporada, 18, e apenas 48 hits no quarterback. A eficiência de Prescott na pressão também tem a colaboração da linha ofensiva, em 138 blitzes ele foi sacado apenas 8 vezes.

TE Jason Witten, “matador de gigantes”

A eficiência do Cowboys também se fundamenta nos demais jogadores do ataque, o experiente TE Jason Witten, pode ser chamado de “matador de gigantes”. Em 27 jogos contra esse adversário ele já pegou 142 de 196 passes, totalizando 1.463 jardas e 13 touchdowns. Dez Bryant também se mostra muito eficiente nessa temporada. Mesmo tendo perdido 3 jogos, ele tem 37 recepções para 634 jardas e 6 touchdowns, só nos últimos quarto jogos ele tem 4 touchdowns. No começo da temporada, porém, sua participação foi reduzida a 1 recepção em 5 tentativas, resultando em 8 jardas. Cole Beasley e Terrance Williams são as outras opções de jogo aéreo para Prescott. Combinados, eles têm 1.064 jardas e 7 touchdowns.

A última peça da boa campanha do Dallas é o também calouro Ezekiel Elliott que lidera a NFL em diversos quesitos, com 1.295 jardas corridas, 12 touchdowns corridos e uma média de 107,1 jardas corridas por jogo. Ele também deu sua contribuição no jogo aéreo com 28 recepções para 322 jardas e um touchdown. Nos últimos 4 jogos ele anotou 100 jardas de scrimmage. O Giants espera segurá-lo como no primeiro jogo, para evitar pontos no placar.

Paul Perkins e Dez Bryant

Se o ataque tem se mostrado forte, a defesa pode ser o ponto em que o Giants pode triunfar sobre o adversário, pois ela tem cedido cerca de 276 jardas pelo ar, com apenas 4 interceptações e tem permitido que os quarterbacks tenham um rating de 100,8 contra o time este ano. Contra o jogo terrestre, a batalha pode ser mais difícil pois esta é a 2ª melhor defesa no quesito, permitindo em torno de 82 jardas por jogo.

Uma revanche e uma vontade de se manter acima do rival são as motivações principais dos times hoje ,onde o controle tanto da bola quanto do relógio podem ser cruciais. Serão os cowboys tentando laçar o gigante após ter sido esmagado pelo mesmo no encontro anterior, na verdade, veremos 2 gigantes em campo, apenas um sairá vencedor.

Enjoy ! <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *