PRÉVIA MONDAY NIGHT FOOTBALL – DENVER BRONCOS X KANSAS CITY CHIEFS

PRÉVIA MONDAY NIGHT FOOTBALL – DENVER BRONCOS X KANSAS CITY CHIEFS

Nada como um duelo de divisão para terminar a semana 8 da temporada regular! E um duelo de uma das divisões mais disputada, a AFC West. Os times estão vindo de derrota, então uma vitória sobre o rival pode ser importante nessa metade final do ano da NFL. Nesse Monday Night Football vamos acompanhar um Denver Broncos x Kansas City Chiefs barulhento.

Como substituir um ídolo?

Um dos maiores dilemas do Denver Broncos há dois anos tem sido “quem vai substituir Peyton Manning à altura?”. A nova esperança, Trevor Siemian, não vem correspondendo às expectativas. Além de lidar com lesões, que o impediram de jogar uma temporada completa, Siemian tem sido irregular. Nesta temporada, ele está com um aproveitamento de 63% de seus passes, anotando oito touchdowns e sete interceptações. Alguns falam que ele precisa melhorar sua mobilidade para mostrar resultados positivos.

Seus dois últimos jogos, que incluiu uma derrota (em que não anotou pontos) para o Los Angeles Chargers (algo que não acontecia há 25 ANOS), mostram isso. Foram seis bolas devolvidas para os adversários, dois fumbles recuperados após recepção, um fumble de Siemian e três interceptações. O único TD dos últimos 11 quartos jogados, foi na partida contra o Giants, na semana 6.

Denver Broncos x Kansas City Chiefs
Trevor Siemian e a difícil tarefa de ser titular depois de Peyton Manning

E Siemian tem recebedores. Emmanuel Sanders e Demaryius Thomas continuam no time, mas eles não andam em sua melhor forma. Sanders ficou de fora do jogo contra o Chargers e nem viajou com a equipe para tratar uma lesão no tornozelo. O receiver já declarou durante a semana que aconselhou Siemian a soltar a bola mais rápido. Sem Sanders em campo, o Broncos deve delegar as recepções ao TE A.J. Derby. Ele já anotou um touchdown nesta temporada.

Demaryius Thomas lidera o time com 30 recepções e 389 jardas anotadas, mas só entrou na endzone duas vezes nesta temporada. Sem Sanders, ele deve ser o principal alvo de Siemian. Mas ele vai enfrentar uma forte cobertura, o CB Marcus Peters, que tem uma das menores médias de jardas permitidas, apenas 0,79. Ele é o 17º melhor cornerback entre 110 ativos na liga, segundo o site Pro Football Focus.

Um cavalo que não corre

O Denver Broncos é mais um dos times instáveis com o jogo corrido. Nas duas ultimas derrotas o time anotou 46 e 69 jardas. Isso aconteceu depois de quatro jogos em que a média foi de 143 jardas.

C.J. Anderson e Jamaal Charles têm dividido as carregadas. Se Charles mantiver contra seu ex-time a média de 4,7 jardas por jogo, há chances. Mesmo com uma média tão boa, ele tem tido poucas oportunidades de entrar durante as partidas. O técnico Vance Joseph já disse que planeja aumentar a participação do running back conforme a temporada vai progredindo.

Denver Broncos x Kansas City Chiefs
Jamaal Charles no Broncos – deixando as lesões para trás e conquistando jardas contra o ex-time (Foto: Ron Chenoy-USA TODAY Sports)

Anderson lidera as corridas do time tanto correndo quanto recebendo a bola, e já entrou uma vez na endzone. Ele pode servir em situações de passe curto para tirar o time de situações de pressão ou em terceiras descidas curtas.

O front seven defensivo comandado por Justin Houston e Derrick Johnson deve vir com tudo para conter Trevor Siemian e os corredores. Houston já tem 27 pressões no QB nesta temporada, principalmente se a pressão for sobre o tackle Menelik Watson. Watson é o lineman que mais permitiu sacks na temporada, em sete ocasiões ele permitiu que Siemian fosse ao chão.

Cadê o invicto que tava aqui?

O Kansas City Chiefs também perdeu suas duas últimas partidas, deixando de ser o último invicto desta temporada. Ainda assim, o time continua como 3º time em pontos com 29,6 pontos em média e em segundo como o time com mais jardas totais, 392,4 em média por jogo.

As jogadas aéreas do QB Alex Smith tem passado basicamente por três jogadores, o WR Tyreek Hill, o TE Travis Kelce e o RB calouro Kareem Hunt. Juntos eles têm oito touchdowns anotados. O que não quer dizer que não há outros jogadores, os WRs Chris Conley e Albert Wilson também podem aparecer como opções para Smith.

Denver Broncos x Kansas City Chiefs
O QB Alex Smith: de questionado a candidato a MVP em uma temporada

A secundária do Broncos tem a missão de interceptar Alex Smith pela primeira vez na temporada. Ela faz parte da forte defesa do Broncos, que está no primeiro em jardas totais permitidas (258,5) e em 6° permitindo jardas aéreas (186,7). Os experientes Chris Harris Jr e Aqib Talib (Kansas!) devem comandar o setor fazendo as coberturas. Cada um já tem uma interceptação na temporada. Talib fez a sua e anotou um touchdown de 103 jardas ao fazer o retorno na partida contra o Dallas Cowboys.

Bota o calouro para correr

Não há dúvidas que Andy Reid vai colocar Kareem Hunt para correr nesse jogo. Ele é o primeiro calouro a anotar mais de 100 jardas de scrimmage nos sete primeiros jogos da carreira. Ele já somou 1.002 jardas totais, sendo 717 corridas. Então devemos esperar ver o novato em ação nesse Monday Night Football.

Para parar Hunt, a defesa terá que mostrar porque é a 2ª que menos cede jardas na Liga com a média de 71,8 jardas por jogo e que ainda não cedeu um touchdown terrestre.

Denver Broncos x Kansas City Chiefs
Von Miller tem que parar a sensação Kareem Hunt

Esse front seven que conta com os LBs Brandon Marshall e Von Miller tem sido o motor dessa defesa. Marshall já parou seis corridas e tem 48 tackles anotados. E Miller, quer conquistar o prêmio de jogador defensivo do ano, que perdeu na temporada anterior. Ele já tem sete sacks anotados este ano. Sua rapidez em chegar pela parte de fora para o pass rush é a sua especialidade, mas ao mesmo tempo isso é um problema. Ele já tem três faltas de offside, dando jardas de graça para os adversários. Ainda assim, sua capacidade em roubar bolas das mãos dos quarterbacks é um diferencial a ser notado.

Denver Broncos x Kansas City Chiefs: o que esperar

Como em todo duelo de divisão, esperaremos um jogo disputado, em que o menor dos detalhes pode ser o fator decisivo. Veremos um dos melhores ataques da Liga jogando contra uma das melhores defesas, aquele que mantiver o controle da bola enquanto estiver na frente do placar terá a vantagem na AFC West. Bom jogo a todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *