PRÉVIA DA SEMANA 17 DA NFL – DECIDINDO A NFC SOUTH

PRÉVIA DA SEMANA 17 DA NFL – DECIDINDO A NFC SOUTH

Aquela semana que menos queríamos que chegasse, chegou! A semana 17, a última semana de jogos da temporada regular. Muitas das vagas para os playoffs já estão definidas, mas ainda temos briga por divisão e por um espacinho na pós-temporada, especialmente na NFC South.

Hoje a nossa prévia vai tratar de dois jogos que vão botar a NFC South em chamas! Essa é a única divisão que pode levar três times aos playoffs e tudo vai depender dos resultados desses jogos. Vamos ver o que Carolina Panthers x Atlanta Falcons e New Orleans Saints x Tampa Bay Buccaneers reservam.

Carolina Panthers x Atlanta Falcons

O Carolina Panthers já está com a vaga garantida, mas precisa vencer o Atlanta Falcons para ser o campeão da NFC South. Além da divisão, o Panthers também garantiria pelo menos uma partida de pós-temporada em casa, embalado com três vitórias seguidas.

Com 277 passes completados e 3.122 jardas, Cam Newton já tem 21 touchdowns na temporada. Além disso, ele também tem trabalhado muito com as pernas, com 695 jardas corridas e 6 touchdowns, ele é o maior corredor do Panthers. Com tantas corridas, ele já bateu recordes da NFL nesta temporada. Então, ele deve aproveitar brechas na linha defensiva do Falcons sempre que tiver a oportunidade de correr.

NFC South
Cam Newton quer correr atrás do título da NFC South

O jogo corrido não passa só por Newton, a dupla que combina experiência e novidade também tem mostrado serviço. O veterano Jonathan Stewart é o melhor corredor depois de Newton, com 680 jardas e 6 touchdowns. Já o calouro Christian McCaffrey tem 421 jardas em 111 corridas anotando 2 touchdowns.

A linha ofensiva também pode ajudar tanto abrindo caminho para as corridas quanto protegendo o quarterback. No último confronto entre os times, Cam Newton foi sacado uma única vez. Apesar de algumas performances inconsistentes na temporada, o LT Matt Kalil não permitiu que Newton sofresse nenhuma pressão nos dois últimos jogos contra Dolphins e Buccaneers.

Jogo aéreo e defesa

O Panthers pode ser conhecido pelo seu jogo corrido, mas também sabe ser uma ameaça aérea com os passes de Cam Newton. Tanto que o líder de recepções é Christian McCaffrey, que tem 75 e já anotou 5 touchdowns aéreos. Entre os recebedores, o líder é Devin Funchess com 61 recepções, ele também é o líder com 7 touchdowns de recepção.

A volta do TE Greg Olsen traz mais um alvo de segurança para Newton, especialmente que ele não estava no confronto entre os dois times, pois estava tratando uma lesão no pé. O também TE Brenton Bersin pode aparecer como opção. Contra o Bucs ele teve três recepções para 45 jardas.

O time sofreu a baixa de Damiere Byrd, que se lesionou no jogo contra o Buccaneers e está fora da temporada. Byrd havia anotado touchdowns nas duas últimas partidas.

NFC South
Mesmo lidando com uma concussão este ano, Luke Kuechly lidera a defesa do Panthers (Foto: Bob Donnan-USA TODAY Sports)

A defesa também tem se destacado por sua consistência nas partidas. O principal objetivo deve ser ir atrás de Matt Ryan. O time é o 3º da Liga com 49 sacks. O trio formado por Julius Peppers, Mario Addison e Kawann Short é responsável por mais da metade deles. Peppers lidera com 11 sacks, Addison tem 10,5 e Short, 7,5. Os LBs Luke Kuechly, Shaq Thompson e Thomas Davis atuarão no meio e por fora da linha. Kuechly lidera o time com 115 tackles e tem 3 interceptações.

Tudo ou nada

Esse é o jogo que significa a temporada para o Atlanta Falcons. Se vencer, o time volta aos playoffs e tenta mostrar que pode chegar mais uma vez ao Super Bowl. O time não tem mais chances de repetir o título do ano passado, mas seria o 3º representante da NFC South na pós-temporada. Matematicamente, a franquia só depende da sua vitória hoje para a pós-temporada. Se perder e o Seahawks ganhar do Cardinals, quem pega a chave dos playoffs é Russell Wilson. Por outro lado, se tanto Atlanta quanto Seattle perderem suas partidas, Falcons garante a vaga porque ganhou no confronto direto entre os times.

NFC South
O prêmio de MVP não vai se repetir para Matt Ryan, mas ele quer ir de novo aos playoffs

O QB Matt Ryan está ciente do que o time não precisa fazer, que são os erros. Ele declarou que foram muitos na derrota para New Orleans Saints no último domingo. Ele também disse que o time foi bom movendo a bola, mas não foi consistente em manter o ritmo. Ryan tem mantido um bom nível de jogo, apesar de estar aquém daquilo que o levou a ser MVP no ano passado. São 314 passes completados para 3.778 jardas e 19 touchdowns. O fator preocupante são as interceptações, 12 até agora.

Muitas jardas, poucos touchdowns

Um dos maiores problemas está em Julio Jones. O WR tem apresentado-se irregular na temporada, mesmo ultrapassando as mil jardas (1.364) e com algumas recepções espetaculares, ele anotou apenas 3 touchdowns. Ele está empatado com o WR Justin Hardy, o TE Austin Hooper e o RB Tevin Coleman. O líder em pontuações do time é Mohamed Sanu, com 5 touchdowns. Sanu também tem um passe para touchdown nesta temporada.

O RB Devonta Freeman continua sendo o principal corredor da franquia, mas dois erros seus impediram que o time vencesse o Saints no domingo. Primeiro ele perdeu a bola num fumble na linha de 2 jardas e a bola foi recuperada pelo Saints. Mais à frente no jogo, ele não conseguiu converter uma quarta descida na linha de gol. Ele tem 7 touchdowns e 842 jardas anotadas. Seu companheiro Tevin Coleman também tem aparecido no jogo corrido, ele tem 605 jardas e 5 touchdowns. Coleman, assim como Freeman, tem sido eficiente recebendo os passes de Matt Ryan com 285 jardas e 3 touchdowns aéreos.

 

NFC South
Devonta Freeman precisa se redimir dos seus erros do jogo passado para levar o Falcons aos playoffs.

Mas Freeman não foi a única razão da derrota para o Saints, foram 10 faltas cedendo um total de 91 jardas. Além disso, a taxa de conversão de terceiras descidas foi ínfima. De 13 tentativas, apenas duas foram bem sucedidas.

Mantendo a consistência

A defesa tem mantido o bom nível do ano passado, cedendo em média 20,3 pontos por partida. O problema está em recuperar a bola do adversário. O time é o antepenúltimo no quesito. Em nenhum jogo o Falcons conseguiu recuperar a bola mais de duas vezes e nos três últimos jogos em casa, foi apenas um turnover. As interceptações também estão escassas nesta temporada, são apenas 5 para 21 touchdowns cedidos.

O ponto forte está nos dois primeiros setores da defesa. O front seven é 8º contra o jogo corrido, permitindo cerca de 105,2 jardas por jogo. Ele pode ser uma arma importante parando as corridas de Cam Newton, Jonathan Stewart e Christian McCaffrey. O LB Vic Beasley, líder de sacks da temporada passada, só tem 4 sacks anotados esse ano. O líder é o veterano Adrian Clayborn com 9,5. O novato Takk McKinley tem surpreendido e já tem 6 sacks na carreira. A pressão sobre Cam Newton também pode vir do LB Deion Jones pelo meio, do DT Dontari Poe e do DE Brooks Reed pela ponta.

NFC South
Vic Beasley não fez os mesmos números do ano passado, mas sacou alguns QBs.

Deion Jones também é o líder de interceptações com três, o CB Desmond Trufant tem duas. Trufant também tem 11 passes desviados. O S Keanu Neal é outro auxílio na secundária, mesmo sem interceptações, ele tem 111 tackles, 3 fumbles forçados e 5 passes desviados.

Atlanta Falcons x Carolina Panthers: O que esperar

A defesa que conseguir devolver a bola ao seu ataque e fizer menos faltas pode ser o diferencial para essa partida. Com um título e uma vaga de playoffs em jogo, tanto Carolina quanto Atlanta devem ser agressivos ofensivamente, então a proteção ao quarterback também será um fator a ser observado.

 

New Orleans Saints x Tampa Bay Buccaneers

Mesmo já estando classificado para os playoffs, o New Orleans Saints vem com força total para a partida, a vitória significa o título da NFC South. E o time ainda fica de olho nos adversários Falcons e Panthers, torcendo por uma vitória do Falcons para garantir uma posição melhor e um jogo em casa na grade da pós -temporada.

No confronto entre as equipes nesta temporada, o QB Drew Brees lançou para 239 jardas e um touchdown e foi interceptado uma vez. Entretanto, foram marcas de uma temporada muito produtiva, ele já acumula 4.089 jardas com uma proporção de 22 touchdowns para apenas 8 interceptações. Ele foi o quarterback a atingir mais rápido a marca das 70 mil jardas se juntando a Brett Favre e Peyton Manning.

NFC South
Drew Brees: 70 mil jardas, mas braço de 35 mil…

O melhor recebedor do Saints é Michael Thomas, ele já acumula 1.151 jardas de recepção e 5 touchdowns. O veterano Ted Ginn também tem sido bastante acionado, ele já tem 754 jardas e 4 touchdowns. Com esses jogadores o Saints está entre os cinco melhores em várias categorias relacionadas ao ataque e mantém uma média de 28,3 pontos por jogo.

Dupla eficiente

Mesmo com sua dupla de running backs sendo selecionada para o Pro Bowl, o jogo corrido foi contido em duas das três últimas partidas do Saints. O Atlanta Falcons segurou a dupla Mark Ingram e Alvin Kamara a menos de 100 jardas corridas. Contra o Tampa Bay a história pode ser diferente, no primeiro jogo foram 151 jardas conquistadas. Ingram já tem 12 touchdowns corridos e Kamara, 7. Além disso, eles fazem parte da lista de recebedores de Brees combinandos para mais de 1.000 jardas aéreas. Kamara tem 5 touchdowns recebendo passes de Brees.

Defesa ressuscitada

Impecável. Essa foi a atuação da defesa do Saints na última partida contra o Falcons. Defesa essa que nada lembra a do ano passado e agora é a 11ª defesa contra o passe da Liga. Contra Atlanta, apenas um touchdown foi permitido e apenas 2 de 13 terceiras descidas foram convertidas. Parte dessa renovação se deve à chegada do novato Marshon Lattimore (que fez a interceptação mais incrível da temporada, a “Buttception”). Lattimore tem 5 interceptações na temporada, uma retornada para touchdown.

A “Buttception” de Marshon Lattimore é uma daquelas coisas incríveis que você não vê sempre.

Na linha de frente, Cameron Jordan tem sido um dos principais responsáveis por pressionar os quarterbacks, ele tem 12 sacks nesta temporada. As contratações feitas pela free agency também ajudaram a renovar o setor. Manti Te’O foi quem fez Devonta Freeman perder a bola na linha de 12 jardas. E o LB AJ Klein tem 54 tackles, 2 sacks e um fumble forçado.

Salvando a honra na NFC South

O Tampa Bay Buccaneers vai para a partida para salvar a sua honra dentro da divisão. Depois de se mostrar uma equipe promissora na intertemporada, o time foi uma das decepções da NFL. O técnico Dirk Koetter teve sua demissão cogitada para a vinda do comentarista Jon Gruden, que já foi técnico do time no seu único Super Bowl, mas nada ainda foi concretizado.

O jovem QB Jameis Winston foi instável na temporada, e uma amostra dessa instabilidade foi a última partida contra o Carolina Panthers. Ele acertou 21 passes de 27 totalizando 367 jardas, mas anotou apenas um touchdown e sofreu 3 fumbles. Sua rapidez em soltar a bola tem sido elogiada pela imprensa americana. Sua mobilidade para correr com a bola pode ajudá-lo a escapar de Cameron Jordan.

NFC South
Deu ruim para Jameis Winston nessa temporada

Além de lançar rápido, ele distribui a bola para vários recebedores. Os TEs Cameron Brate e O.J. Howard lideram o time com 6 touchdowns cada. O líder em recepções é o WR Mike Evans, que está próximo de fechar as mil jardas. Caso faça isso, ele ficará ao lado de Randy Moss e A.J. Green, que alcançaram a marca nas quatro primeiras temporadas da carreira. Faltam só 54 jardas para chegar lá. Com tantos recebedores o time tem o 4º melhor ataque aéreo da Liga.

Jogo corrido e defesa

O jogo corrido tem sido motivo de preocupação. Os dois principais running backs, Doug Martin e Peyton Barber, não alcançaram as 500 jardas e somam para 5 touchdowns. Barber apareceu um pouco mais jogando contra o Panthers, em 13 carregadas ele anotou 51 jardas.

A defesa também atuou bem contra o Panthers, foram 255 jardas totais permitidas, sendo 160 aéreas. Uma conquista, já que essa é a defesa que mais tem permitido mais jardas aéreas na Liga. Mesmo segurando o jogo corrido, o setor permitiu que Cam Newton virasse o jogo perto do final, com uma corrida na linha do gol. O líder do time é o DL Gerald McCoy, ele já tem 6 sacks na temporada. O LB Lavonte David lidera o time com 95 tackles e 5 fumbles forçados.

New Orleans Saints x Tampa Bay Buccaneers: o que esperar

Com os times tendo campanhas tão distintas na temporada, é normal pensar num domínio do Saints na partida. Porém, por ser um confronto de divisão, o Buccaneers pode vir com tudo e mostrar a mesma qualidade de jogo que teve contra o Panthers e evitar que o título da NFC South vá para New Orleans.

Bons jogos e um feliz 2018 a todos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *