POWER RANKING NFL LULUZINHA: SEMANA 17

POWER RANKING NFL LULUZINHA: SEMANA 17

Este ano estreamos a coluna de Power Ranking NFL Luluzinha Club – cantinho semanal em que damos pitacos de uma forma geral na Liga. Essa coluna é opinativa e reflete a visão da redatora responsável. Aproveitem, discutam, opinem e vamos desfrutar dessa linda coluna até o fim da temporada!

Power Ranking NFL Luluzinha Club: Semana 17

1. Philadelphia Eagles — (Recorde: 13-2)

 

Já classificado para os playoffs, o Philadelphia Eagles, comandado pelo QB Nick Foles, venceu o Oakland Raiders e garantiu a seed 1.

 

2. New England Patriots +1 (Recorde: 12-3)

 

Em um jogo que parecia que seria bem disputado, com 13 pontos no placar para cada time ao final do primeiro tempo, o Patriots reagiu na segunda etapa da partida e venceu o Buffalo Bills por 37×16.

 

 3. Minnesota Vikings -1 (Recorde: 12-3)

 

Case Keenum e o Vikings não precisaram de muito para vencer o Green Bay Packers. Apesar de já garantido nos playoffs, precisa vencer o Chicago Bears para garantir a segunda posição da NFC.

 

 

4. Pittsburgh Steelers — (Recorde: 12-3)

 

Pittsburgh venceu com tranquilidade o Houston Texans e ainda briga com New England pela vantagem de jogar dentro de casa no Divisional Championship.

 

5. Los Angeles Rams — (Recorde: 11-4)

 

Também já classificado para os playoffs, o Los Angeles Rams bateu o Tennessee Titans com Jared Goff lançando quatro touchdowns.

6. New Orleans Saints — (Recorde: 11-4)

 

Na divisão mais disputada da temporada, o Saints fez sua parte, venceu o Atlanta Falcons e levará a decisão da NFC South para a última rodada. Para levar o título, basta vencer o Buccaneers.

 

7. Carolina Panthers — (Recorde: 11-4)

Com a vitória sobre o Bucs, o Panthers precisa vencer o Atlanta Falcons e torcer para um tropeço de New Orleans para garantir a divisão.

8. Jacksonville Jaguars +1 (Recorde: 10-5)

 

Campeão da divisão e com a vaga para a pós-temporada garantida, o Jaguars perdeu para o San Francisco 49ers. Mérito do adversário, não demérito de Jacksonville.

9Kansas City Chiefs +1 (Recorde: 9-6)

Após algumas rodadas sofrendo um apagão, o Chiefs voltou a ser o Chiefs. Venceu o Dolphins e volta à 4ª seed da AFC.

10. Atlanta Falcons -1 (Recorde: 9-6)

 

O Atlanta Falcons precisa vencer o Carolina Panthers na próxima semana para se garantir no wildcard. Não será uma tarefa fácil, pois o Panthers também precisa vencer para sonhar com o título da divisão.

 

11. Tennessee Titans +1 (Recorde: 8-7)

 

Mais uma prova de que o Titans é outro time que não tá muito afim da pós-temporada. Já pode dar as mãos para Buffalo.

12. Seattle Seahawks -1 (Recorde: 9-6)

Seattle venceu o Cowboys em Dallas e precisa vencer o Arizona Cardinals e torcer contra o Atlanta Falcons para pegar a última vaga da NFC. Uma considerável combinação de resultados.

 

13. Baltimore Ravens +1 (Recorde: 9-6)

Baltimore, que ainda não está confirmado nos playoffs, precisa vencer o rival de divisão Cincinnati Bengals na próxima semana. Apesar de remota, há a possibilidade de perder a vaga.

14. Los Angeles Chargers +2 (Recorde: 8-7)

O Los Angeles Chargers continua subindo no ranking e não é pra menos. Ainda possui chance de playoffs, enquanto outras franquias superestimadas não.

15. Buffalo Bills -2 (Recorde: 8-7)

 

O Buffalo Bills está fazendo força pra morrer na praia (e está conseguindo).

 

 16. Detroit Lions -1 (Recorde: 8-7)

 

Detroit “detroitzou”. Perdeu para o Bengals e também deu adeus à disputada vaga de wildcard da NFC.

 

  17. Dallas Cowboys — (Recorde: 8-7)

Derrota na conta dos turnovers e do wide receiver Dez Bryant. Dallas deu adeus à caminhada para a pós-temporada de uma maneira melancólica.

 

18. Oakland Raiders — (Recorde: 6-9)

 

Eu não tenho nem palavras pra descrever o que Oakland fez nesta temporada, ou melhor, não fez. Decepcionante.

 

 

19. Miami Dolphins — (Recorde: 6-9)

 

Mais uma vez, esse não foi o ano de Miami.

 

20. Green Bay Packers — (Recorde: 7-8)

 

O Packers perdeu para o Minnesota Vikings e mesmo sem Aaron Rodgers, consegue um desempenho melhor que muito time na Liga.

 

21. Arizona Cardinals +2 (Recorde: 7-8)

Já sem chances de playoffs, o Cardinals venceu o New York Giants. O próximo confronto é com o Seattle Seahawks e não deve conseguir nem terminar a temporada com recorde 8-8, como apostei no início do Power Ranking.

22. Washington Redskins — (Recorde: 7-8)

 

Washington venceu o Denver Broncos. Provou durante a temporada que mereceu o declínio nos rankings. Foi o famoso expectativa x realidade.

 

 

23. New York Jets -2 (Recorde: 5-10)

 

Eu realmente acreditava que o Jets conseguiria uma vaga de wildcard. A inconsistência foi peça chave para o recorde negativo.

 

24. Cincinnati Bengals — (Recorde: 6-9)

 

A maior zebra da rodada. Venceu o Detroit Lions e tirou as chances do adversário ainda sonhar com a pós-temporada.

25. San Francisco 49ers +3 (5-10)

 

O que dizer da nova cara do San Francisco 49ers com Jimmy Garropolo? Que cara! Que homem!

 

26. Houston Texans -1 (Recorde: 4-11)

 

O Texans não teve nenhuma chance contra o forte Pittsburgh Steelers. A temporada vai terminando com um gosto amargo.

 

27. Tampa Bay Buccaneers -1 (Recorde: 4-11)

 

Tampa dificultou o trabalho do Carolina Panthers, mas não conseguiu a vitória (mais uma vez).

 

28. Denver Broncos -1 (Recorde: 5-10)

Como diz o ditado “Felicidade de torcedor do Broncos dura pouco” e a equipe perdeu para o Washington Redskins.

29. Chicago Bears — (Recorde: 5-10)

 

O Bears não fez mais do que sua obrigação e venceu o Cleveland Browns.

 

 

30. Indianapolis Colts — (Recorde: 3-12)

Power Ranking NFL Luluzinha Club

 

Nada diferente do que já apresentou até aqui. Apesar de dar um pouco de trabalho para Baltimore, perdeu a partida e segue no top 3 pro Draft 2018.

 

 

31. New York Giants — (Recorde: 2-13)

 

New York conseguiu perder de zero para o Arizona Cardinals.

 

 

 32. Cleveland Browns — (Recorde: 0-15)

 

O Browns não vai vencer uma partida nesta temporada e isso é bem triste.

 

🖤

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *