POWER RANKING NFL LULUZINHA: SEMANA 11

POWER RANKING NFL LULUZINHA: SEMANA 11

Este ano estreamos a coluna de Power Ranking NFL Luluzinha Club – cantinho semanal em que damos pitacos de uma forma geral na Liga. Essa coluna é opinativa e reflete a visão da redatora responsável. Aproveitem, discutam, opinem e vamos desfrutar dessa linda coluna até o fim da temporada!

Power Ranking NFL Luluzinha Club: Semana 11

1. Philadelphia Eagles — (Recorde: 8-1)

Semana de bye muito proveitosa para Philadelphia, que, além de descansar, assistiu de camarote a derrota de todos os rivais de divisão.

 

2. Los Angeles Rams — (Recorde: 7-2)1

Mais uma partida, mais uma doutrinação do Los Angeles Rams. A vítima da semana foi o Houston Texans. Destaque para o jovem Jared Goff que lançou três touchdowns. E também para a defesa, que interceptou o QB adversário duas vezes e ainda recuperou dois fumbles sofridos por ele.

3. New England Patriots +2 (Recorde: 7-2)

 

Com uma vitória de 41 a 16 sobre o Denver Broncos, o Patriots vai se distanciando na liderança da AFC East, que não está tão concorrida quanto há umas semanas.

4. Minnesota Vikings +2 (Recorde: 7-2)

Em um jogo muito disputado contra o Redskins, o Vikings mais uma vez levou a melhor nesta temporada. Case Keenum lançou para quatro touchdowns com quatro recebedores diferentes.

 

5. Pittsburgh Steelers -1 (Recorde: 7-2)

Pittsburgh tomou um sufoco de Indianapolis. O Steelers ficou atrás no placar até o último quarto da partida, quando virou o jogo e garantiu a sétima vitória. Apesar do bom recorde, ainda não mostraram uma ótima atuação.

 6Kansas City Chiefs -3 (Recorde: 6-3)

 

Semana de bye.

 

 7. New Orleans Saints — (Recorde: 7-2)

Simplesmente uma partida de 47 pontos em que Drew Brees não precisou lançar nenhum touchdown. Além dos cinco touchdowns dos running backs, o próprio quarterback marcou presença na endzone com suas próprias pernas. Foi um baile em cima do Buffalo Bills.

8. Carolina Panthers — (Recorde: 7-3)

 Uma noite espetacular para Carolina. Venceu o Miami Dolphins por 45×21, com quatro passes para touchdown e 95 jardas terrestres de Cam Newton, além das 110yds do running back Jonathan Stewart.

9. Jacksonville Jaguars +1 (Recorde: 6-3)

Jacksonville complicou um jogo que não deveria ser tão difícil. A vitória sobre o Chargers na OT deve servir para abrir os olhos do Jaguars e perceber que não pode tropeçar.

10. Seattle Seahawks +4 (Recorde: 6-3)

Uma vitória com um gosto amargo. Seattle venceu o Arizona Cardinals, mas perdeu Richard Sherman, que sofreu uma ruptura no tendão de Aquiles e está fora da temporada. Uma perda significativa, então veremos como será o desempenho do Seahawks sem um de seus melhores jogadores.

11. Detroit Lions -2 (Recorde: 5-4)

O jogo contra o Cleveland Brown foi decidido no último quarto. Até o terceiro, o jogo estava empatado em 24 pontos. Detroit ainda sonha com os playoffs e está firme na briga pela vaga de wildcard.

 

12. Tennessee Titans +3 (Recorde: 6-3)

Gostaria que o Titans recebesse um pouco mais de atenção. Líder da divisão, um ótimo recorde e jogos regulares resumem a temporada de Tennessee até a semana 10.

 

 

13. Buffalo Bills — (Recorde: 5-4)

Dedico esta justificativa à minha chefe Jacque, que por vezes me questionou porque eu não subia muito o Bills no ranking. Minha resposta sempre foi: não confio em Buffalo. Apesar de alguns bons jogos, continuo não confiando. A equipe sofreu um apagão contra o Saints, que dominou a partida inteira.

14. Dallas Cowboys -3 (Recorde: 5-4)

Os desfalques com certeza foram o ponto decisivo para a derrota do Cowboys. Sem Ezekiel Elliott o time precisou contar com Morris, que correu apenas 53 jardas; sem Tyron Smith, Chaz Green foi o titular e permitiu CINCO dos sete sacks totais em Dak Prescott; e ainda sem Sean Lee, que se machucou no início da partida.

 

15. Green Bay Packers +1 (Recorde: 5-4)

O Green Bay Packers surpreendeu e venceu o Chicago Bears no Soldier Field. Detalhe: sem Brett Favre ou Aaron Rodgers. Em uma atuação segura do quarterback Brett Hundley, que conquistou sua primeira vitória na NFL, o Packers continua respirando (mesmo que com ajuda de aparelhos).

16. Atlanta Falcons +1 (Recorde: 5-4)

Atlanta soube aproveitar os desfalques do Dallas Cowboys e, com a liderança de Matt Ryan, venceu mais uma partida. A equipe, que continua em terceiro lugar na divisão, precisa mostrar bem mais para conseguir a vaga para a pós-temporada. O que será uma tarefa difícil, considerando que ainda enfrentará os rivais de divisão Saints (2x) e Panthers (2x), além de Minnesota, que tenta garantir o título de sua divisão e o Seahawks, que também está forte na briga.

17. Washington Redskins -5 (Recorde: 4-5)

Washington é uma equipe que, no início da temporada, mostrava que lutaria nas cabeças. Ainda está na briga, mas acho que é preciso uma reviravolta muito grande para conseguirem a classificação para os playoffs. Não acredito que a equipe mostre mais do que mostrou até o momento.

18. Baltimore Ravens +1 (Recorde: 4-5)

 

Semana de bye.

19. Oakland Raiders +3 (Recorde: 4-5)

 

Semana de bye.

 

20. Miami Dolphins — (Recorde: 4-5)

Os três touchdowns de Miami não foram suficientes para manter um jogo competitivo contra o Carolina Panthers. Com a derrota, o Dolphins confirma “briga” pelo último lugar da divisão com o Jets.

21. Arizona Cardinals +2 (Recorde: 4-5)

Conforme já foi falado anteriormente, Arizona continua fazendo o café com leite. Sem grandes atuações, nem grandes decepções.

22. Houston Texans -4 (Recorde: 3-6)

 

Esse jogo foi o famoso CAOS para Tom Savage. O quarterback sofreu duas interceptações, dois fumbles recuperados pelo adversário e três sacks.

 23. Los Angeles Chargers +2 (Recorde: 3-6)

Mais uma equipe considerada mais fraca que deu trabalho para uma mais forte. Conseguiu levar a partida para a prorrogação, mas perdeu por um field goal.

 24. Denver Broncos -3 (Recorde: 3-6)

RIP Denver Broncos.

 25. Chicago Bears -1 (Recorde: 3-6)

Chicago até tentou se iludir, mas logo veio o choque de realidade: perdeu em casa para o Green Bay Packers. O Bears já pode começar a pensar na próxima temporada.

 26. New York Jets — (Recorde: 4-6)

Com a derrota, o Jets praticamente se despede da pós-temporada, a qual estava almejando tanto (e com chances reais). Os tropeços em jogos importantes e “ganháveis” custaram caro para New York.

27. Cincinnati Bengals — (Recorde: 3-6)

Eu nunca vou entender o ataque de Cincinnati. Mais potente que muitos na Liga, simplesmente não engata, não produz, não carrega o time.

 

 28. Indianapolis Colts — (Recorde: 3-7)

Power Ranking NFL Luluzinha Club

Em mais uma boa partida de Brissett, que lançou dois touchdowns e alguns passes espetaculares (digassi di passagi), o Colts quase levou a vitória. Deu trabalho para o Pittsburgh Steelers, que suou bastante.

 

29. Tampa Bay Buccaneers — (Recorde: 3-6)

E não é que Tampa resolveu dar uma acordada pra vida? Venceu o New York Jets com um touchdown de Ryan Fitpatrick e três field goals. Aguardemos cenas dos próximos capítulos para ver se não caem em sono profundo novamente.

 

30. San Francisco 49ers +1 (1-9)

EU AVISEI QUE SAN FRANCISCO NÃO TERMINARIA 0-16. Por que não apostei neles no bolão? Boa pergunta. O que importa é que o 49ers conseguiu sua primeira vitória (única, talvez?) na temporada.

31. New York Giants -1 (Recorde: 1-8)

Primeiramente “FORA MCADOO!”. O Giants conseguiu a proeza de perder para o 49ers, que estava com o recorde 0-9. Não que New York estivesse bem, mas era a chance de elevar um pouco a moral. Não foi dessa vez que aconteceu, e muito provavelmente não será em 2017.

 

32. Cleveland Browns — (Recorde: 0-9)

Não conheço palavras suficientes para definir o Cleveland Browns. Em uma das melhores atuações da temporada, perdeu para o Detroit Lions por 38×24.

🖤

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *