OS HEAD COACHES DA NFC EAST

OS HEAD COACHES DA NFC EAST

Nenhuma divisão na NFL ganhou ou participou de tantos Super Bowls quanto a NFC East. Se o desempenho dos times da divisão impressiona, o dos técnicos não fica pra trás. Cada um deles conquistou pelo menos um título de Super Bowl (como membro da equipe técnica ou jogador). Vamos conhecer agora quem são os quatro “maestros” que conduzem as franquias da divisão.

Dallas Cowboys: Jason Garrett, o Técnico do Ano de 2016 está na NFC East

Apresentado oficialmente em janeiro de 2011, Garrett é o primeiro ex-jogador do Cowboys a assumir a posição de Head Coach da franquia de Dallas. Garrett foi aluno da Universidade de Princeton e se formou em 1989. No ano anterior foi eleito o Jogador do Ano da Ivy League (liga das mais prestigiadas universidades americanas).

Mas o sucesso na universidade não apareceu como profissional logo de cara. Em 1989, ele foi contratado como free agent pelo New Orleans Saints, atuando apenas na practice squad do time. Teve breves passagens pelos extintos San Antonio Riders e Ottawa Rough Riders. Porém, seu contrato mais expressivo foi justamente com o Dallas Cowboys, onde jogou entre 1992 e 1999. Ele passou a maior parte da carreira como 2º ou 3º QB do time e esteve nas equipes que conquistaram os Super Bowls de 1993 e 1995. Teve ainda passagens pelo New York Giants, Tampa Bay Buccaneers e Miami Dolphins.

Após se aposentar no Dolphins em 2004, Garrett foi contratado na temporada seguinte como técnico de QBs do time, liderado por Nick Saban. Em 2007, retornou a Dallas, dessa vez, como coordenador ofensivo. O 2º melhor ataque da NFL na temporada seguinte fez com que Garret começasse a ser prospectado por outras franquias. Mas ele continuou em Dallas, e se tornou o HC interino do time com a demissão de Wade Phillips em 2010, até ser formalmente anunciado em 2011.

Há seis temporadas na posição, Jason Garrett conduziu o Cowboys a 53 vitórias e 43 derrotas. A temporada 2016, marcada pelo brilho de Dak Prescott e Ezekiel Elliot foi sua mais bem sucedida até então, com 12 vitórias e 4 derrotas. Não à toa, Garrett foi eleito o Técnico do Ano da NFL na temporada passada.

Philadelphia Eagles: Doug Pederson, o “herdeiro” de Andy Reid

Doug Pederson foi contratado como HC do Philadelphia Eagles em 2016, após três temporadas no Kansas City Chiefs. Embora esta seja sua primeira atuação na liderança técnica de uma  equipe, não é a primeira vez que Pederson atua no time. Ele trabalhou como coordenador do controle de qualidade ofensivo e treinador de QBs do Eagles entre 2009 e 2011, além de uma breve passagem como jogador em 1999.

Um fato interessante da carreira do técnico é a importância de Andy Reid (hoje HC do Kansas City Chiefs) em sua formação. Além de ter treinado Pederson enquanto jogador, Reid deu a ele seu primeiro cargo técnico no Eagles em 2009.

Além do Eagles, ao longo dos 12 anos em que jogou na NFL, Pederson passou também pelo Miami Dolphins, Cleveland Browns e Green Bay Packers. Neste último, ele fez parte da equipe que conquistou o Super Bowl XXXI. Vale destacar que enquanto jogou em Green Bay, Pederson foi “backup” de Brett Favre. Além disso, conquistou um SB, dois títulos de conferência e seis títulos da NFC East.

Em sua temporada de estreia, Pederson se tornou o primeiro técnico novato a ganhar os três primeiros jogos liderando um QB novato (Carson Wentz).

New York Giants: Ben McAdoo, o sucessor de Tom Coughlin

Ao contrário dos outros técnicos da divisão, Ben McAdoo, HC do New York Giants, não iniciou sua carreira como jogador. Graduado com honras em Educação Física pela Universidade da Pennsylvania, McAdoo começou a carreira ocupando funções em times universitários.

Sua primeira atuação na NFL foi em 2004, quando foi contratado como responsável pelo controle de qualidade ofensivo do New Orleans Saints. Na sequência, atuou brevemente no San Francisco 49ers e consolidou sua carreira no Green Bay Packers, onde trabalhou por sete anos. Em Green Bay, McAdoo foi treinador de TEs e de QBs, além de ter sido membro da equipe técnica que conquistou o Super Bowl XLV em 2010.

Em 2014, Ben McAdoo deixou Green Bay rumo à NY, para trabalhar na equipe do lendário técnico Tom Coughlin como coordenador ofensivo. A melhora no desempenho do ataque do Giants e principalmente do QB Eli Manning foram creditados ao trabalho de McAdoo.

Em 2016, ele sucedeu Coughlin, se tornando o 17º HC do time. Em sua primeira temporada na posição, o técnico conduziu o time a 11 vitórias e 5 derrotas. Além disso, o Giants retornou aos playoffs pela primeira vez desde 2011.

Washington Redskins: Jay Gruden, a lenda do futebol indoor

Jay Gruden é um dos técnicos com a carreira mais “diferenciada” na NFL. Hoje técnico do Redskins, Gruden atuou por duas temporadas na extinta NFL Europa. Gruden é também um dos nomes de maior destaque da Arena Football League, a liga de futebol americano indoor dos EUA.

Se na NFL sua carreira foi discreta, na Arena Football League (AFL) Gruden brilhou. Ele conquistou quatro títulos como jogador (jogando pelo Tampa Bay Storm) e dois como técnico (no Orlando Predators). Além disso, ele foi eleito em 2012 o quarto melhor jogador de todos os tempos da AFL.

Sua primeira atuação em equipe técnica na NFL foi no Tampa Bay Buccaneers. Gruden trabalhou como assistente ofensivo na equipe de seu irmão, o HC Jon Gruden. Ele fez parte da equipe que conquistou o Super Bowl XXXVII, e deixou o time após a demissão do irmão em 2008.

Entre 2011 e 2013, quando era coordenador ofensivo do Cincinnati Bengals, Gruden se tornou um dos “potenciais HCs” mais cobiçados da NFL. Ele chegou a ser entrevistado por sete times, antes de assinar com o Redskins em 2014. Na temporada 2015, Gruden conduziu o time à vitória da divisão, além da primeira aparição em playoffs desde 2012. Na temporada passada o time não manteve o desempenho, terminando o ano na 3ª posição da divisão.

Fontes: Pro Football History, Dallas Cowboys Official Website, Philadelphia Eagles Official Website, Phillyvoice.com, NY Giants Official Website, Washingtontimes.com, Washington Redskins Official Website

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *