[OPINIÃO] A ELIMINAÇÃO DO DENVER BRONCOS E A CRUCIFICAÇÃO DE TREVOR SIEMIAN

[OPINIÃO] A ELIMINAÇÃO DO DENVER BRONCOS E A CRUCIFICAÇÃO DE TREVOR SIEMIAN

Se o Denver Broncos precisava de matemática para chegar aos playoffs, o time mostrou ser claramente de humanas. A equipe do Colorado dependia, além das suas duas vitórias (Chiefs em 25/12 e Raiders em 01/01), do placar de outros times para se garantir na pós-temporada. Com a derrota para o Kansas City Chiefs na noite de natal, pegou o carimbo de apenas mais um jogo para cumprir tabela e se despede da temporada 2016/2017. #DolphinsCurtiuIsso

É claro que os torcedores não ficaram felizes com a eliminação e o QB Trevor Siemian levou boa parte da culpa. Mas será que ele é ruim desse jeito? O resultado foi tão inesperado assim? A verdade é que qualquer QB que assumisse o Broncos teria responsabilidade e visibilidade gigantes. Pegar o lugar do ídolo Peyton Manning não é tarefa fácil, e olha que o veterano não parou, vamos dizer assim, enquanto estava por cima. Sua última temporada não foi lá essas coisas, mas o cara tinha, bem ou mal, condições de jogar.

Trevor Siemian – ops, deu ruim

Não podemos necessariamente dizer o mesmo de Siemian. Ou que entrasse Paxton Lynch. Me arrisco a dizer que se Dak Prescott fosse draftado no lugar de Lynch, a carreira do cowboy não estaria em tanto destaque assim. Isso porque tanto Prescott como Siemian são “pacientes” para lançar. Eles precisam da OL protegendo o QB por mais tempo e ainda não possuem a agilidade de Aaron Rodgers, que foi moldada ao longo dos seus 11 anos de carreira profissional, 9 deles como QB titular do Packers.

No entanto, mesmo o mais passional dos torcedores deve admitir que Trevor Siemian tem errado, sim. O menino sabe que a OL está deficitária e passa tempo de mais sambando no pocket, ou tentando fugir do adversário que entra nele: os QBs do Broncos foram sacados duas ou mais vezes em nove das 15 partidas que disputaram até agora.

Dê cá um abraço

Por outro lado, não era novidade que a linha ofensiva de Denver seria, no mínimo, uma incógnita nesta temporada. O site americano Pro Football Focus, especializado na modalidade, cotou a OL do Denver Broncos em 28º lugar para 2016, dentre os 32 times da liga. Isso porque, pelo menos quatro dos cinco principais lineman do ataque deixaram o time pós Super Bowl: apenas o center Matt Paradis retornou à sua posição original. Bem, de acordo com os resultados, pudemos observar que essa previsão não estava tão errada assim.

Por fim, se relembrarmos o desempenho de Siemian no início da temporada, devemos voltar os créditos para o rapaz. O time ficou invicto nos primeiros 4 jogos sob o seu comando e ele ainda teve o melhor desempenho entre os QBs do Broncos num período de dois anos (tempo que teve os nomes de Peyton Manning e Brock Osweiler no lineup): contra o Cincinnati Bengals, Trevor Siemian lançou para 312 jardas e quatro passes para TD.  Não só isso! O quarterback figurou entre os melhores QBs da temporada para passes curtos (ok, e um dos piores para passes longos). A questão é: o problema não é ele, ou pelo menos, a culpa não pode ser jogada TODA nas costas dele. Ele demonstrou talento, talvez falte química com a OL. Ou uma OL, em si.

A linha pseudo-ofensiva

Já se especula o Denver como uma possível nova casa para o, agora 2º QB do Dallas CowboysTony Romo. Acredito que ele possa agregar e muito o time na próxima fase, uma vez que o Broncos pode se beneficiar de uma liderança experiente. Porém, desistir do segundo-anista Siemian, pode ser o desperdício de um diamante que ainda está se lapidando. A confiança do jogador no começo da temporada era visível, e agora, inexistente.

A pré-temporada começa mais cedo para Denver Broncos e certamente, com ou sem Siemian, os torcedores só esperam mudanças no time. Se não de jogadores e comissão técnica, de postura. Que a equipe do Colorado consiga trazer isso no próximo ano.

Enjoy <3

2 thoughts on “[OPINIÃO] A ELIMINAÇÃO DO DENVER BRONCOS E A CRUCIFICAÇÃO DE TREVOR SIEMIAN

  1. Concordo. Deu pra ver a auto confiança do Siemian despencar conforme a temporada avançou. É sim, a OL estava um horror. Ele é um QB novato. De repente estava lá, substituindo o Payton Manning, liderando os Broncos campeões do SB 50!!! Se não bastasse essa pressão toda, jogando com uma OL pífia. Milagre ele não faz é não fez. Jogou mal sim, mas, até que ponto não foi por um ataque todo mal construído? Acho que precisa arrumar a casa e dar mais uma chance a ele.

    1. Oi, Ligia! Obrigada pelo seu comentário!
      Vamos esperar por boas escolhas no draft do próximo ano e cabeça no lugar para as novas possíveis aquisições. 😉
      Beijo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *