MAIS UMA TREINADORA EM BUFFALO, CONHEÇA PHOEBE SCHECTER

MAIS UMA TREINADORA EM BUFFALO, CONHEÇA PHOEBE SCHECTER

Aos poucos, as mulheres estão entrando na NFL, já vimos Jen Welter no Arizona Cardinals, Sarah Thomas na arbitragem em outros anos. Nesta pré-temporada, já noticiamos a entrada de Terri Valenti no setor de arbitragem e Colleen Smith como estagiária treinando defensive backs no New York Jets. Agora mais um time da AFC East adicionou uma mulher. O Buffalo Bills conta com Phoebe Schecter na sua comissão.

Da Inglaterra para Buffalo

Apesar de ser nascida em Connecticut (EUA), a moça de 26 anos, que antes do futebol americano cavalgava, mora na Inglaterra, onde teve seu primeiro contato com o esporte, como ela conta:

“Mudei para a Inglaterra mais ou menos 5 anos atrás e vi o anúncio de um tryout de futebol americano no Facebook e pensei que seria uma boa maneira de conhecer pessoas e manter contato com a cultura americana. Eu fui aos tryouts e me apaixonei completamente. Desde então eu nunca olhei para trás.”

Foto: Divulgação

Agora ela treina os times masculino e feminino de Straffordshire, onde também joga, mesmo com apenas 63,5 kg e 1,62 m ela atua como linebacker para a surpresa de muitos. Ela mesma diz que com esse peso e altura parece que ela não deveria estar correndo e batendo nas pessoas, mas que é uma das suas partes favoritas no futebol americano.

Phoebe Schecter participou do primeiro “NFL Women’s Careers in Football Forum” que aconteceu em janeiro deste ano na cidade de Orlando (EUA). Lá ela conheceu Kim Pegula, proprietária do Bills, o encontro levou à contratação de Schecter para um estágio de treinadora por meio do “Bill Walsh Fellowship”, programa da NFL cujo objetivo é mostrar candidatos a técnicos vindos de minorias para a NFL durante os training camps de verão. Poucos times da liga estenderam essas oportunidades a mulheres treinadoras.

Novidade na liga, mas não em Buffalo

O Buffalo Bills já contou com outra mulher na sua comissão técnica, Kathryn Smith, que trabalhou em tempo integral no time como técnica de controle de qualidade dos times especiais com head coach Rex Ryan, mas foi dispensada em janeiro.

Sobre a oportunidade, Schecter disse ainda não estar acreditando, mas sabe o quanto isso é incrível e que ela quer fazer o melhor que pode por outras mulheres. Estar nesse nível profissional significa muito, mesmo que seja crescer um por cento.

Foto: Divulgação

Durante o estágio ela vai participar de reuniões com o time, assistir e analisar filmes e trabalhar nas sidelines com o Coordenador Defensivo Leslie Frazier, o técnico de Defensive Backs Gill Byrd e o técnico de Linebackers Bob Babich.

Ela elogia muito o time e diz que a mente defensiva de Frazier é incrível de se trabalhar. Ela conta que até agora sua experiência a inspira a seguir a carreira de técnica, não importa o nível.

“Obviamente, a NFL é sempre o sonho, mas esta tem sido uma ótima experiência de aprendizado para mim, e tenho muito a tirar disso. Se eu puder ter um trabalho treinando, seja no high school ou numa universidade. Eu só quero estar envolvida no esporte e ajudar a desenvolver jogadores o quanto for possível.”

Além de jogar no time de sua região, Phoebe Schecter também atua na seleção da Grã Bretanha de futebol americano. Ela esteve no Mundial da IFAF deste ano nos Estados Unidos com a seleção, que terminou em 4º lugar após perder para o México a disputa da medalha de bronze. Jen Welter comandou a seleção australiana.

One thought on “MAIS UMA TREINADORA EM BUFFALO, CONHEÇA PHOEBE SCHECTER

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *