LULUZINHA ENTREVISTA FARNUM DO FLUMINENSE GUERREIROS

LULUZINHA ENTREVISTA FARNUM DO FLUMINENSE GUERREIROS

O Luluzinha Entrevista dessa vez bateu papo com o capitão do novo time de FA, Fluminense Guerreiros Futebol Americano. Farnum, que iniciou sua carreira em 2012 no Teresópolis Rockers, time que foi presidente em 2016. Jogou também no Andorinhas Futebol Americano, atual Magé Barões, time que pertencente a Liga Fluminense de Futebol Americano. Na última temporada da Superliga Nacional disputou o Brasil Bowl pelo Flamengo FA. Agora um novo desafio, ser capitão do Fluminense Guerreiros nessa nova jornada.

Luluzinha: Como conheceu o Futebol Americano?

Farnum: Através de um amigo, que comentou sobre um time de futebol americano na minha cidade. Me interessei e procurei saber mais informações para poder entrar no time. Sempre gostei do esporte.

Luluzinha: Dentre tantos esportes, porque praticar o FA?

Farnum: Eu já tentei praticar muitos esportes, mas poucos prendiam a minha atenção. O futebol americano sempre me interessou por ser um esporte de contato.

Luluzinha: Por que a troca de time? Sair da Superliga, hoje BFA e ir para a Liga Nacional?

Farnum: Quando conheci o projeto do Fluminense vi que queria fazer parte daquilo. Toda a estrutura oferecida, o contato direto com a torcida, tantas outras coisas fizeram me interessar cada vez mais. Acredito na realização e concretização do projeto e fico muito feliz em poder dizer que faço parte desse time.

Luluzinha: Quais são as suas expectativas no Fluminense Guerreiros?

Farnum: São grandes, acredito nesse projeto. Quero ver o time crescer, ser campeão e ser abraçado pelo Clube e pela torcida. E que a torcida tenha orgulho do nosso time. Meu objetivo é ficar no Fluminense por muito tempo.

Luluzinha: Quais foram suas maiores dificuldades dentro do esporte?

Farnum: Ser um atleta de uma cidade, e morar em outra é bem complicado. Exige bastante tempo e dedicação. Mas acho que a maior dificuldade é introduzir o esporte na cidade de Teresópolis. Mesmo tendo um time campeão estadual, conseguir o reconhecimento da cidade ainda é bem difícil.

Luluzinha: Qual foi a melhor experiência que o esporte já lhe proporcionou?

Farnum: A melhor experiência foi ter todas as mudanças que tive no meu cotidiano, ter uma vida de atleta não é fácil, com tantas regras e exigências mesmo assim vale a pena.

Luluzinha: O que é ser atleta de Futebol Americano no Brasil?

Farnum: É um esporte que me traz muitas realizações, mas ser atleta de um esporte que passa por tantas dificuldades, não ter o reconhecimento merecido e ainda ser obrigado a ser um esporte amador pelas faltas de apoio e patrocínio, é bem complicado.

Luluzinha: Hoje, no Fluminense Guerreiros você é Capitão Defensivo. Como foi assumir este cargo de liderança?

Farnum: Fiquei surpreso, mas tenho confiança nas escolhas do nosso Head Coach Sandro Cox. Ser líder é dar o exemplo e exigir sempre o melhor, esse é o meu objetivo, conseguir fazer com que meus atletas deem sempre o melhor dentro de campo.

Luluzinha: Qual é a posição mais importantes no time de defesa?

Farnum: Todas. O ataque tem a opção de adaptar o jogo a seu favor, visando os setores fortes que tem no ataque. A defesa não tem esse privilégio, pois ela tem que responder às ações do ataque adversário. Se a defesa priorizar um setor como mais importante, o ataque vai perceber e optará por jogadas que se aproveitem de setores mais fracos da defesa. Por isso não podemos priorizar uma posição como mais importante.

Luluzinha: Qual o diferencial da defesa do Fluminense Guerreiros em relação aos outros times?

Farnum: É a capacidade de evolução dos atletas, a cada treino se demonstra muito mais madura e capacitada.

Luluzinha: Como essa é a primeira temporada do Fluminense Guerreiros, como está sendo os treinos para o entrosamento dos atletas?

Farnum: No treino tentamos manter sempre o respeito um com o outro e manter a seriedade. Damos voz a todos os jogadores, sempre deixando expressar suas opiniões e experiência, e sempre mantendo o foco, já que todos ali têm o mesmo objetivo.

Luluzinha: Como unir um time novo com diversos atletas oriundos de outros times de forma que se torne um time coeso?

Farnum: Temos jogadores novos no esporte e muitos outros que vieram de outros times. Então é uma mistura de várias experiências e costumes diferentes. Eu tento fazer com que os jogadores tragam suas experiências técnicas, mas deixem pra trás os hábitos que tinham em outros times. Dessa forma poderemos criar a nossa identidade própria.

Luluzinha: Em qual jogador de defesa você se inspira?

Farnum: Eu podia ter como inspiração um atleta da NFL, mas prefiro me inspirar em um atleta como o Edilson Azevedo, o Jow da Flamengo FA. No início nós não tínhamos muita afinidade, mas com o passar do tempo jogando ao lado dele, vi como ele se esforça e se dedica ao esporte, sempre dando o seu melhor em campo e fazendo a equipe ser cada vez mais unida. Sempre se dedicando a tudo relacionado ao esporte e sem se poupar em busca do melhor.

Luluzinha: O que é essencial para ser um jogador de Defesa?

Farnum:  Antes de mais nada um jogador de defesa precisa de preparo físico, porque todas as posições exigem força, velocidade e resistência. Outra coisa fundamental é a inteligência, precisa ter uma boa e rápida leitura de jogo. O ataque sabe qual vai ser a jogada, já a defesa não, então precisamos agir rápido para contra-atacar e impedir a jogada deles.

Rapidinha

Time da NFL: Não tenho um time específico, mas tenho afinidade com alguns times.

Time FABR: Fluminense Guerreiros Futebol Americano

Coxinha pelo bico ou pela bunda: Pelo bico!

Feijão por cima ou por baixo: Tanto faz!

Melhor jogador de todos os tempos: Ray Lewis

Melhor QB: Aaron Rogers

Super Bowl que te marcou: Super Bowl XLVI – Giants vs Patriots, o primeiro SB que assisti com o Teresópolis Rockers.

Filme sobre FA: Eu queria responder um filme mais bonito, mas não tem jeito, tem que ser “Golpe Baixo”

Tom Brady esvaziou, ou não, as bolas no jogo: Não, ele só esqueceu de enchê-las.

Peyton ou Eli Manning: Peyton Manning

Assiste o Super Bowl com a família, com amigos ou todo mundo junto: Com os amigos.

Esse foi o papo que batemos com o Capitão Defensivo, Farnum do Fluminense Guerreiros. Para acompanhar tudo sobre a Liga Nacional de Futebol Americano, é só ficar ligado no NFL Luluzinha Club. Enjoy!<3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *