A LEGION OF BOOM CHEGOU AO FIM?

A LEGION OF BOOM CHEGOU AO FIM?

O começo da temporada do Seattle Seahawks foi marcado por conturbações nos bastidores. Isso porque a ESPN americana publicou uma matéria detalhada sobre uma suposta insatisfação de Richard Sherman com Russell Wilson. De acordo com os boatos, Sherman e a Legion of Boom estavam inconformados com seu Quaterback desde o fatídico lance no SB XLIX, que levou à interceptação de Malcolm Butler. Desde então, a defesa de Seattle vinha carregando o time nas costas. Ou pelo menos carregava.

Um fim inesperado para um ano incerto

Em um ano com altos e baixos, a lendária Legion of Boom não correspondeu às expectativas. Sofrendo com baixas importantes, a defesa de Seattle chegou ao fim da temporada regular com um total de 1.063 tackles, para 1.030 de seus oponentes diretos. Também conseguiu 39 sacks e 11 fumbles forçados, para 43 e 11 dos adversários, respectivamente. Se comparado com outros times da liga, a defesa foi até que bem. Porém, foram os detalhes que prejudicaram a campanha do time. A derrota para o Los Angeles Rams por 42-7 foi a única em que perdeu por mais de uma posse. Essa também foi a primeira temporada em muito tempo que o time não ganha pelo menos 10 partidas.

Além de tudo, a temporada de 2017 teve um fim inesperado: depois de cinco anos, o Seattle Seahawks ficou de fora dos playoffs. Em um ano em que o QB R. Wilson liderou a NFL com 34 passes para TD, a defesa certamente deixou a desejar.

“A primeira coisa que quero dizer é que esta tem sido uma temporada desafiadora para nós, disse Pete Carroll, após a derrota para o Arizona Cardinals. “O jogo de hoje foi microscópico para a temporada, ficando no nosso caminho”.

O fim da Legion of Boom?

Porém, talvez seja injusto exigir que a LOB que permaneça jogando em tão alto nível por tanto tempo. O corpo humano não foi construído para isso. Prova disso são as graves lesões sofridas por Cliff Avril e Kam Chancellor. Ambos sofreram com lesões no pescoço que os tiraram da temporada.

“Cliff e Avril terão dificuldade em jogar futebol americano de novo”, declarou Carroll. “A decisão ainda não foi feita. Eles terão que decidir isso eles mesmos. Mas será muito difícil para esses caras voltarem e jogar novamente. Isso é só uma indicação do tipo de coisa que nós teremos que lidar nesta offseason”.

O fim da Legion of Boom?
“Who’s got my back?”

Outra peça importante da franquia que teve sua temporada encurtada por lesão foi Richard Sherman. O cornerback rompeu o tendão de aquiles na primeira partida contra o Arizona Cardinals na semana 10. Apesar dos rumores de que estava pedindo por uma troca de time, o jogador chorou ao anunciar que estava fora da temporada.

E os problemas não param por aí. Nos próximos anos, a franquia terá que se mover muito nos bastidores também. Isso porque os contratos de alguns jogadores importantes, como Earl Thomas, estão chegando ao fim. Michael Bennett, outra peça defensiva, acha que não permanecerá no time no próximo ano.

“Eu provavelmente não voltarei ano que vem”, disse o DE Michael Bennett. “Parece que é um jogo de homens jovens. Eu consigo vê-los ficando mais jovens, com jogadores mais jovens. Isso é parte do jogo”.

Polêmica

E como se todo o drama ainda não fosse o bastante, Earl Thomas decidiu causar um pouco mais. Ao fim do jogo contra o Dallas Cowboys, o Safety pediu ao HC da franquia, Jason Garrett, “vir pegá-lo”. Sobre o ocorrido, o jogador comentou:

“Eu não quis dizer literalmente ‘venha me pegar agora’. Ainda estou no auge da minha carreira. Eu ainda quero estar aqui. Mas quando Seattle me chutar de lado, por favor, Cowboys, venham me pegar. Esse é o único lugar que gostaria de estar se Seattle me deixar de lado”.

É importante lembrar que Thomas nasceu no Texas, onde passou boa parte da sua vida, até sair da faculdade. Ele foi criado como um fã de Dallas. Então, talvez, tal pedido não tenha sido tão surpreendente.

Apesar de tudo, muitos acreditam que esse é, sim, o fim da Legion of Boom.

Fontes: Bleacher ReportBlount SportstalkSeattle PiCBS SportsCBS SportsNFL.comCBS Sports

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *