JOE DELANEY: O JOGADOR QUE MORREU COMO HERÓI

JOE DELANEY: O JOGADOR QUE MORREU COMO HERÓI

O dia 29 de junho é dedicado à memoria de Joe DelaneyRunning Back do Kansas City Chiefs, ele morreu nessa data no ano de 1983 tentando salvar três crianças que estavam se afogando. Na época, Delaney tinha 24 anos. Em 2017, a tragédia completou 34 anos. Mesmo jogando pouco tempo pela franquia de Kansas City, os noticiários que falavam sobre sua morte na época já o chamavam de estrela.

Nasceu em Henderson, Texas, no dia 30 de outubro de 1958, sendo o terceiro de oito filhos. Foi draftado na NFL em 1981 pelo Kansas City Chiefs, na segunda rodada. Em sua primeira temporada, Delaney foi selecionado para o Pro Bowl e venceu o prêmio de calouro do ano.

Foto: Chiefs.com

A tragédia

Foi no extremo sul de Chennault Park, em Monroe, Louisiana, que aconteceu. Em uma lagoa que não tinha nome, três crianças gritaram por ajuda, se debatendo em um buraco deixado pelos recentes trabalhos de construção da época. Buraco este que não foi feito para pessoas nadarem e sim para acrescentar na estética do parque.

Sem pensar duas vezes, Delaney correu em direção à água. Questionado sobre o seu ato e se era apto para realizar o salvamento, ele apenas respondeu “eu posso não nadar bem, mas eu tenho que salvar essas crianças”.

Apenas uma das crianças foi salva, LeMarkits Holland, na época com 10 anos. O irmão mais velho, Harry, e o primo, Lancer Perkins, tiveram o mesmo destino de Joe Delaney e morreram afogados.

Foto: arquivo

O legado de Joe Delaney

O velório e o enterro de Joe Delaney aconteceram no feriado americano de 4 julho, no ginásio Haughton High School. No dia 15 de julho, o presidente da época, Ronald Reagan, honrou o ex-RB com a Medalha Presidencial dos Cidadãos. Essa medalha foi levada à família de Delaney pelo vice-presidente George W Bush.

Até hoje, o heroísmo do jogador dos Chiefs é homenageado por um prêmio que é dado para um dos melhores corredores da NFL. Além de talento também demonstra caráter admirável e altruísmo, características fortes de Delaney. Atualmente o prêmio é atribuído pelo ProFootballTalk.com.

Além disso, um grupo de fãs da franquia, na cidade de Kansas City, criou a “Fundação 37 Forever”. Essa instituição trabalha com a Cruz Vermelha Americana para oferecer aulas de natação a crianças menos favorecidas. O Kansas City Chiefs aposentou não oficialmente o número 37, da Jersey de Joe Delaney. O jogador foi para o Hall da Fama do time em 2004. Seu nome também está incluso no anel de honra dos Chiefs no Arrowhead Stadium.

Para saber mais sobre essa história, o Kansas City Chiefs fez o documentário Chiefs Kingdom: Joe Delaney sobre o atleta. Já a ESPN produziu o 30 for 30 Delanie. Além de um admirável jogador, um incrível ser humano.

Fontes: Chiefs.com, kansascity.com e Profootballtalk.nbcsports.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *