ESPECIAL SUPER BOWL LII

ESPECIAL SUPER BOWL LII

Ele chegou!!! Depois de 5 meses o jogo mais aguardado da temporada (exceto pelo sentimento de que só tem NFL de novo daqui a 7 meses) chegou. Neste domingo (4) Minneapolis recebe o Super Bowl LII num dos eventos esportivos mais emocionantes do ano.

Pra ajudar quem tá com dificuldades de controlar os ânimos até domingo, preparamos um guia contando tudo e mais um pouco (inclusive umas coincidências bem engraçadjenhas) pra você ficar por dentro de tudo!

 Onde?

US Bank Stadium: Minneapolis, Minnesota.

Com capacidade para 66 mil pessoas, o US Bank Stadium é um dos estádios mais novos da NFL. Inaugurado em 2016 após a demolição do Hubert H. Humphrey Metrodome. Por sinal, o Metrodome sediou o Super Bowl XXVI em 1992, quando o Washington Redskins venceu o Buffalo Bills.

Super Bowl LII
(Foto: reprodução)

O imponente estádio custou a bagatela de US$1,061 bilhão e é o primeiro estádio totalmente indoor (com teto fixo) construído desde o Ford Field (do Detroit Lions). Esse tipo de construção é pouco utilizado hoje em dia, já que a maioria dos estádios estão sendo construídos com teto retrátil (como o do AT&T Stadium).

Fun Fact: O estádio usa uma tecnologia de reflexão acústica super moderna, o que ajuda a alcançar níveis altíssimos de barulho durante os eventos. O recorde atual? 120.1 decibéis durante o “Minnesota Miracle”, quando o Vikings derrotou o Saints no Divisional Round deste ano.

Show do Intervalo

Justin Timberlake foi o grande escolhido. Aparentemente, sem Janet Jackson ou participação do N’Sync (#arrasada).

Se a escolha agrada multidões de fãs do cantor, depois de 14 anos, ainda tem gente que se lembra do “Nipplegate” e não ficou muito satisfeita com a escolha. Para você que não lembra ou que nem fazia ideia do que era o SB nessa época (como euzinha), eis o que aconteceu. Justin cantava “Rock Your Body” com Janet Jackson no fim do show do intervalo, quando puxou o bustiê da cantora, que ficou com o seio direito exposto. Ele fez isso enquanto cantava a linha “vou te deixar nua até o fim desta canção”. O episódio rendeu polêmicas e Justin foi duramente criticado pelo ocorrido, tirando o volume de dinheiro perdido entre multas, patrocinadores insatisfeitos, etc.

Super Bowl LII
(Foto: reprodução)

Fun Fact: Foram mais de 500 mil reclamações registradas no órgão competente em 2004, quando o episódio acima aconteceu.

 O confronto

O começo do fim?

Quem acompanhou a temporada viu altos e baixos do New England Patriots. A defesa teve momentos dignos de pena. Brady foi bem, mas o resto do ataque nem sempre correspondeu (lembram daquele vexame contra o Dolphins?). Mas o time se recompôs e terminou a temporada em grande estilo.

Se dentro do campo parecia que poucos podiam ameaçá-los, o perigo estava fora dele. Um artigo da ESPN relatando um suposto conflito entre Brady, Belichick e Robert Kraft abalou as emoções dos torcedoes do Patriots, mas por pouco tempo. A performance do time e a ligação entre Brady e Belichick não deixa dúvidas que, pelo menos até o fim da temporada, a paz vai reinar por ali.

Super Bowl LII
(Foto: reprodução)

Underdogs who???

Desde o início dos playoffs o Philadelphia Eagles era taxado de Underdog. Com Carson Wentz fora do time após uma lesão em dezembro, poucos acreditavam que o time conseguiria ir muito além na pós-temporada. Menos ainda chegar ao Super Bowl. Um mês depois e o título de Underdog só serviu para uma coisa: espalhar máscaras de cachorro (pastor alemão, pra ser mais precisa) por toda a arquibancada do Lincoln Financial Field. Nick Foles, reserva de Wentz, fez os melhores jogos de sua carreira e liderou a equipe nas vitórias. A defesa, segurou dois dos melhores ataques da Liga. Estatisticamente, o Eagles não é o favorito.

Nas casas de apostas é o maior underdog desde o Cardinals em 2009. Mas a performance na pós-temporada deste ano deixou claro que o título não incomoda. Pode até se dizer que motiva. Resumo? O Eagles vem com tudo (inclusive as máscaras) para levar o SB.

Super Bowl LII
(Foto: reprodução)

 

Fun Facts:

  • Uma vitória do Patriots igualaria o número de vitória da AFC e NFC. Hoje são 26 para a Conferência Nacional, uma a mais que a americana. A NFC foi responsável pela maior série de vitórias, vencendo 13 campeonatos entre 1985 e 1997.
  • Há diversas similaridades entre o Eagles de 2017 e o Eagles que jogou o SB em 2004 e 1980. Todos começaram a temporada com 10-1, igualaram o recorde de vitórias da franquia, terminaram no Top 10 de ataque e defesa, perderam o jogo final da temporada regular e venceram o Vikings nos Playoffs. Uffa.
  • O Patriots escolheu usar uniforme branco, e o motivo não é difícil de entender: 12 dos últimos 13 campeões do SB vestiram branco. Mas para o Eagles a notícia não foi ruim. Com a escolha do Patriots, o time usará seu uniforme verde, com o qual o time só perdeu 1 de 11 jogos na temporada regular (contra o Cowboys sem qualquer valor para o time, que já estava classificado).
  • Em 2004, New England completou a marca de 3 SBs em 4 anos, vencendo o Eagles. Esse ano, eles tentam de novo levar o 3º SB em 4 anos. E quem é o rival?

O prêmio pro vencedor do Super Bowl LII

O troféu principal que será erguido por Brady ou Foles é o famoso Vince Lombardi, feito totalmente de prata pela Tiffany & Co. Maaaas, como o troféu é do time, cada jogador ganha uma singela lembrancinha pra chamar de sua. Um anel personalizado do evento, que custa aproximadamente 5 mil dólares (só na teoria. Esse valor é pago pela NFL e valores acima disso são pagos pelo time). A NFL paga por até 150 anéis, que são distribuídos entre a equipe e a comissão técnica. Os anéis são feitos de ouro, prata e diamantes, e geralmente incluem o nome e logomarca do time e o número do Super Bowl.

Super Bowl LII
(Foto: reprodução)

Fun Facts:

  • Os membros do time perdedor também ganham um anel. A NFL também disponibiliza 150 anéis para o time, sendo que o preço final deles não pode ser superior a 50% do preço dos anéis dos vencedores.
  • Robert Kraft não se importa de abrir a carteira quando ganha um SB. O anel do Patriots do ano passado continha 283 diamantes (em homenagem à virada após o placar de 28-3). E o de 2015, do SB XLIX custou cerca de US$36,5 mil CADA, num total de US$5,4 milhões.

$$$$$$ (e mais muuuuitas cifras)

O Super Bowl envolve muito dinheiro. Muito mesmo. Ele é o evento esportivo mais valioso do mundo em termos monetários, com receita estimada em US$630 milhões. Sem contar as cifras indiretas, principalmente para a cidade que sedia o evento.

O destaque? As propagandas. Ao custo de US$5 milhões, anunciar seu produto por 30 segundos no Super Bowl é o sonho de toda empresa. Mesmo pra quem não é fã do esporte, as propagandas circulam entre diversos públicos na internet gerando altíssimos volumes de visualização. É um prato cheio pra qualquer anunciante e para as renomadas agências que desenvolvem os comerciais.

Super Bowl LII
Fonte: Zibbet

Mas se os anunciantes ficam felizes, mais ainda fica a emissora responsável pela transmissão. A NBC, emissora do SB LII estima uma receita de cerca de US$500 milhões com os anúncios, mesmo em meio à queda de audiência dos últimos anos.

Rapidinhas do SB

Ah, e caso ainda não tenha ficado claro o quão grande o evento é, vejam alguns números interessantes sobre o SB:

  • O patrocínio da Pepsi no show de intervalo (que dura 12 minutos) custa US$7 milhões. O artista convidado não tem cachê;
  • Estima-se que os anúncios do SB responderão por cerca de 2,5% de toda a receita de publicidade em TV de 2018;
  • Cada jogador do time vencedor receberá US$112 mil. Os perdedores receberão US$56 mil;
  • Jimmy Garoppolo receberá mais dinheiro do que Tom Brady pelo SB. O jogador tem direito ao prêmio pelo período em que esteve no time, e graças aos impostos que Brady pagará por estar em Minneapolis, a receita final do QB do 49ers será maior que a de Brady (olha que loko!);
  • O Super Bowl é o segundo dia de maior consumo alimentar nos Estados Unidos, perdendo apenas para o feriado de Ação de Graças;
  • Já viu quanta gente passa mal na tarde da Quarta Feira de Cinzas pós-carnaval? No Super Bowl é pior… A segunda-feira pós-SB é chamada nos Estados Unidos de “Super Sick Day”, pois estima-se que cerca de 1,5 milhão de americanos faltem ao trabalho neste dia (fora aqueles que vão chegar atrasados!). Acho que é hora de decretar um feriado, hein?

Agora que você tá por dentro de tudo, pode vestir sua jersey, juntar os amigos e preparar o coração que esse jogo promete!!!

Que tal se juntar às Luluzinhas? Se liga na promo aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *