EDDIE LACY PASSA NA PESAGEM E GANHA BÔNUS CONTRATUAL

EDDIE LACY PASSA NA PESAGEM E GANHA BÔNUS CONTRATUAL

O contrato de um ano do Running Back Eddie Lacy com o Seattle Seahawks inclui uma cláusula específica sobre seu peso: o jogador deve estar com, no máximo, 111 quilos antes do começo da temporada. Para avaliar esse progresso, várias pesagens estão sendo feitas ao longo da pré-temporada e, cada vez que atingir a meta de peso, ele ganha um bônus, que pode chegar a até US$385 mil.

Para alguns pode não parecer uma tarefa muito difícil, porém Lacy vem enfrentando problemas com o peso há algum tempo. Ano passado, quando ainda jogava pelo Green Bay Packers, o RB pesava 106 quilos durante a temporada e, em uma de suas visitas ainda como free-agent, chegou a pesar 121 quilos.

Em maio, data de sua primeira pesagem, o jogador ganhou um bônus de US$55 mil por ter atingido 114 quilos (quando o objetivo era de, pelo menos, 115 quilos). Já em sua última pesagem, nessa segunda (12), Lacy pesou menos que o limite de 113 quilos. O time ainda tem mais cinco pesagens agendadas até a data fatal em agosto.

O agente de Eddie Lacy confirmou o sucesso do jogador na pesagem pelo seu Twitter:

O objetivo do Seahawks é ter o jogador pesando menos de 111 quilos durante a temporada, para que possa atingir seu desempenho máximo e ajudar o time na posição. Na temporada passada, nenhum jogador da franquia correu mais que 469 jardas.

Sobre o assunto, o Head Coach Pete Carroll comentou durante uma entrevista para a Rádio ESPN de Seattle:

“Eu quero ele grande. Eu quero ele grande, resistente e forte. Eu quero ele na sua melhor forma, para que ele possa correr o seu melhor, ser resistente, lidar com a carga. Na época que ele saiu do Draft, ele estava com 106 quilos. Mas ele se desenvolveu e estando com 109, ele é muito perigoso”.

A grande variação de peso de Lacy pode estar afetando diretamente sua efetividade em campo. Em suas primeiras temporadas na NFL, correu mais de 1000 jardas. Já na temporada de 2015, o RB jogou 15 jogos e correu 758 jardas. Ano passado, jogou apenas 5 jogos por causa de uma lesão sofrida no tornozelo durante a semana seis, contabilizando apenas 360 jardas corridas. “Desafios. Como um competidor, você quer ser desafiado. Então é um desafio positivo. No fim do dia, me ajuda pessoalmente também, então, por que não?”, disse o RB a uma fonte da ESPN.com.

“Eu tenho um grande grupo de apoio atrás de mim, dos técnicos para os jogadores, até o time de nutrição. Então, todo mundo está otimista sobre isso, o que me ajuda, porque eu sei que eu tenho um grupo de pessoas atrás de mim, me empurrando, então está tudo funcionando, tudo está indo excelente. Eu só tenho que continuar nesse caminho”.

E você, acredita que o RB consegue alcançar o objetivo de 111 quilos e levar essa bolada?

Fonte: (Bleacher ReportNFL.comESPN.com)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *