DOUG PEDERSON x BILL BELICHICK: UM CONFRONTO DE GERAÇÕES NO SB LII

DOUG PEDERSON x BILL BELICHICK: UM CONFRONTO DE GERAÇÕES NO SB LII

O Super Bowl LII deste domingo (4) não será o primeiro encontro entre Doug Pederson e Bill Belichick. Nem a primeira vez que o técnico do Eagles enfrenta o Patriots num Super Bowl. Inclusive, se formos olhar esse retrospecto, Doug Pederson até poderia comemorar. Ele já venceu o New England Patriots num Super Bowl e também já impôs uma dura derrota a Bill Belichick.

Calma, vamos explicar… Na primeira vez que Pederson enfrentou o New England na final da temporada, ele era QB reserva do Green Bay Packers, no ano em que o time venceu o Patriots. Ele pode não ter entrado em campo nessa partida, mas jogou contra Belichick em outra ocasião. Em um dos 17 jogos em que foi titular na carreira, Pederson contribuiu para a vitória do Cleveland Browns sobre o Patriots por 19-11, no primeiro ano de Belichick como técnico do time.

Isso diz alguma coisa sobre o jogo de domingo? Não, nada. É apenas o histórico de dois dos grandes protagonistas da batalha que acontecerá no US Bank Stadium. Porque se tem algo que os dois times não podem reclamar nesta temporada é da performance dos técnicos que os comandam.

Doug Pederson

Quem acompanhou a trajetória do Eagles ao longo do último ano, deve ter tido dificuldade de lembrar que Pederson ainda está em sua segunda temporada como técnico principal de um time. Tecnicamente ele foi excelente. Fora do campo, talvez até melhor. Sua habilidade de comandar o time mesmo em momentos críticos foi quase impecável.

Seu principal mérito na temporada? As chamadas (o “playcalling”). O próprio Bill Belichick comentou em entrevista que se impressionou com o estilo agressivo e equilibrado do técnico, que utiliza bem todo o corpo de ataque. Sem tirar o mérito do QB Nick Foles, a qualidade das chamadas foi fator definitivo para que o QB se juntasse a Joe Montana como os dois únicos na história que completaram mais de 75% dos passes em jogos seguidos nos playoffs.

Super Bowl LII
(Foto: reprodução)

Não bastasse a qualidade técnica, Doug Pederson tem outro fator que empolga: ele é ADORADO entre os jogadores. O DE Chris Long, disse o seguinte sobre o técnico:

“Bill Belichick é uma lenda. Mas nosso HC também é muito bom. As pessoas não sabem muito sobre ele, mas ele fez as coisas acontecerem. Todos amam jogar para ele. Ele foi quem nos deu o mindset de não pirar quando perdemos nosso LT Hall da Fama, nosso LB, o ás do Special Teams ou o QB com calibre de MVP. Tivemos todos esses percalços e ele chega todos os dias mantendo a calma e a confiança”. 

É difícil não se empolgar com Pederson. Sua assertividade dentro de campo e a presença firme fora dele encantam qualquer fã de esporte. Pode ser cedo para dizer, mas com tempo, ele tem tudo para se juntar ao grupo dos maiores e melhores técnicos da NFL.

Pra conhecer mais da trajetória do técnico, veja a história da relação dele com Andy Reid, o lendário técnico do Kansas City Chiefs e um dos principais responsáveis por sua formação.

Bill Belichick

O que falar de Bill Belichick? Será a oitava aparição em SB (Don Shula, segundo colocado nesta lista, tem 5). Dos 7 que já disputou, levou 5. A inteligência e tranquilidade no campo o tornam uma das armas mais perigosas do New England Patriots. Com quase nada mais a se provar, Belichick se viu envolvido numa das maiores polêmicas da temporada. Um suposto conflito com Tom Brady e com o “chefe” Robert Kraft ameaçaria inclusive a permanência dele no time. Mas ele superou. Na verdade, quem conhece Belichick diz que não havia nem o que superar, que os rumores em nada abalam a frieza do técnico.

Belichick é um técnico simples, tão simples quanto as frases curtas que popularizam tanto suas entrevistas para a imprensa.  Sempre que lhe perguntam qual é o caminho para tanto sucesso, duas respostas são recorrentes: amor e trabalho duro. Belichick valoriza a dedicação e atenção a detalhes, tanto entre os jogadores quanto dos membros do staff.

Poucas coisas parecem abalá-lo, mas falta de disciplina e atenção podem tirá-lo do sério. Parece simples, né? Mas tem dado certo, mesmo que a conduta exigente e rigorosa não tenham lhe tornado a pessoa mais querida entre os colegas.

Super Bowl LII
(Foto: reprodução)

Falando em títulos, Belichick está empatado com Vince Lombardi com 5 conquistas do Super Bowl. Além disso, ele está a um troféu de se juntar a George Halas e Curly Lambeau como os únicos técnicos a vencer 6 campeonatos da NFL. Com esses números, muitos já o colocam entre os maiores da história. Não ele, que diz:

“É dificil imaginar isso (a comparação com os outros). Eles são ótimos, técnicos legendários. Não consigo ver dessa forma, sabendo o quão bons eles foram, o que eles representaram para o esporte e o que eles conquistaram”.

Com todo respeito Belichick, nisso aí, nós vamos discordar.

Fonte: NJ.com, ProFootballTalk , ESPN.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *