CURIOSIDADES SOBRE O HALFTIME SHOW DO SUPER BOWL

CURIOSIDADES SOBRE O HALFTIME SHOW DO SUPER BOWL

Olá, pessoal!

Muitas pessoas começaram a assistir futebol americano porque viu, ao menos uma vez, um Halftime Show. Eu mesma sou uma dessas que se encantaram com o esporte por causa de um desses shows… Pois bem, venho trazer alguns fun facts e curiosidades sobre o evento mais caro do mundo, o show do intervalo (que este ano está nas mãos do Justin Timberlake!).

O NIPPLEGATE PODIA SER EVITADO!

Hey Ya, Justin! Olha a mão boba aí, hein!

Todo mundo conhece o evento mais polêmico da história do Halftime, o Nipplegate, protagonizado por Justin Timberlake e Janet Jackson lá em 2004. O que ninguém sabe é que os artistas, que inicialmente estavam em negociação com a MTV (que produzia os Halftime Shows do início da década passada), eram Andre 3000 e Big Boi, a dupla de rappers conhecida mundialmente como OutKast.

Essa revelação foi feita no programa de rádio da ESPN americana, “The Dan LeBatard Show”, onde Big Boi declarou que os artistas não concordaram em cantar versões condensadas dos seus hits Hey Ya e The Way You Move, declinando o convite da MTV para participar do show do intervalo.

Foi aí que eles então chamaram Justin Timberlake para ir no lugar da dupla. Será que com Andre e Big Boi, o incidente aconteceria?

DIANA ROSS CANTOU UM DISCO INTEIRO?

Fly, Diana, Fly! Não, pera…

Não, não é bem assim! Na verdade, a Diana Ross tem o recorde de maior número de músicas cantadas num  Halftime Show: foram dez hits da cantora no ano de 1996, quando ela majestosamente saiu do estádio de helicóptero! Para comparação, o show de Katy Perry com Lenny Kravitz e Missy Elliott, de 2015, teve nove músicas. Ela, sozinha, cantou dez.

Além do mais, ela é uma das poucas artistas que seguraram a marimba sozinha no Halftime Show. Com ela, apenas Michael Jackson (1993), Paul McCartney (2005) e Lady Gaga (2017) foram os únicos artistas solo que não precisaram de nenhuma participação especial para brilharem.

JANET JACKSON NO HALFTIME SHOW DE 2002?

Isso quase aconteceu de fato! Porém, a cantora havia cancelado sua turnê (e consequentemente o show do intervalo) graças aos atentados de 11 de setembro. Por causa desse evento, a NFL correu atrás de outro artista. A banda irlandesa U2 foi a responsável pelo show do intervalo do Super Bowl XXXVI.

Eles seguiram o show igual ao do seu concerto do Madison Square Garden, homenageando todas as vítimas do atentado de Nova Iorque no teto do Superdome, em Nova Orleans. Relembre o show:

POUCAS ESTRELAS REPETIRAM A DOSE

Figurinha repetida vale aqui no Super Bowl

Contando toda a história do Halftime Show, temos uma larga variedade de atrações, que vão desde as bandas marciais, teatro, figure skating (é, isso rolou em 1992) e shows grandiosos. Mas apenas sete artistas participaram mais de uma vez no evento!

O grupo educacional Up With People ainda mantém o recorde de maior número de participações, com cinco. Além deles, temos Justin Timberlake, que tem três (se contarmos este ano e quando ele participou com o N’SYNC lá em 2001), e duas participações de Bruno Mars (2014 e 2016), Beyoncé (2013 e 2016), Stevie Wonder (1994 e 1999), Gloria Estefan (1992 e 1999) e Nelly (2001 e 2004).

HOLLYWOOD NO SUPER BOWL

Se contar que a Britney fez Crossroads, ela entra nessa cota hollywoodiana também!

De vez em quando, algumas estrelas de Hollywood deixam de ser espectadoras (vide o pobre coitado do Samuel L Jackson ano passado sofrendo pelo Falcons). Eles também participam do Halftime Show!

Antes de eternizar o hobbit Frodo Bolseiro, Elijah Wood, junto de vários outros astros do country e do soul em 1994, participou do evento. O fato acabou ajudando a estrela mirim (na época) a divulgar os seus filmes O Anjo Malvado e O Anjo da Guarda.

Os Blues Brothers (Jim Belushi, Dan Aykroyd e John Goodman) participaram do intervalo de 1997, reproduzindo as canções do filme durante o intervalo. Ben Stiller, Chris Rock e Adam Sandler fizeram um “skit”, um videozinho prévio para abrir o Halftime de 2001 que contou com Aerosmith, Britney Spears, NSYNC, Nelly e Mary J Blige.

PIANOS, PIANOS E MAIS PIANOS

Vocês acham que o piano da Lady Gaga ano passado, ou do Chris Martin (vocalista do Coldplay) em 2016 foram os primeiros a serem usados em pleno Super Bowl? Errado. Tivemos piano tocado por Paul McCartney também, lá em 2005, mas nenhum deles quebra o recorde do Halftime de 1988, quando tivemos 88 pianos, sim, OITENTA E OITO pianos utilizados no show de Chubby Checker e as Rockettes. Pra que tanto piano, né, gente?

O que esperar do Halftime Show deste ano?

<3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *