BRETT FAVRE DE VOLTA A NFL?

BRETT FAVRE DE VOLTA A NFL?

No final de sua carreira de jogador com o Packers, Brett Favre costumava falar sobre “Dar uma de Elway”. Foi o que ele viu como melhor meio para se retirar do jogo – ganhando o Super Bowl antes de se aposentar. Esses dias, Favre se disse entregue aos pensamentos de puxar outra versão de Elway: se tornar um General Manager da NFL. Da mesma forma como o colega de posição, John Elway, se tornou para o Denver Broncos.

Durante sua aparição no Wilde & Tausch da ESPN Wisconsin na quinta-feira (29), Favre disse que planejou voltar para a NFL como General Manager ou Coach. “Esse tipo de coisa passou por minha mente”, disse Favre, de 47 anos, cuja carreira terminou em 2010.

Favre passou dois anos treinando no Oak Grove High School em Hattiesburg, Mississippi, depois de se aposentar.

“Quando eu treinei o futebol do ensino médio durante dois anos, realmente não estava no meu radar”, disse Favre. “Meu pai fez isso por muitos, muitos, muitos anos, [mas] eu pensei: Eu simplesmente não tenho nada no “tanque” de um lado competitivo. Qual tipo de treinador eu seria? Eu sempre pensei que seria um bom treinador, mas eu não sabia se eu tinha o esforço suficiente para isso. Bem, eu fiz. Eu vou te dizer o que, foi uma alegria. O espírito competitivo voltou. Era obviamente diferente de jogar, e então eu me diverti.”

Em compensação, ele admitiu que uma posição mais administrativa seria mais difícil devido a parte de negócios relacionados à ela.

“Eu acho que o espírito competitivo estará lá… É simplesmente diferente, porque há um lado de negócios. Não sei se eu teria isso em mim. Escolher bons jogadores é sempre uma arte – e alguns são melhores nisso do que outros – sem contar que há muita sorte e coisas assim. Mas, sim, isso passou pela minha cabeça, assim como o Coaching tem passado.”

Brett Favre apontou que o Hall of Fame QB Bart Starr seguiu um caminho similar com o Green Bay Packers após se aposentar, servindo como head coach de 1975 a 1983. E dois dos seus reservas em Green Bay – Doug Pederson, Head Coach do Philadelphia Eagles e Ty Detmer como coordenador ofensivo em Brigham Young encontraram sucesso nessa área de coaches.

“Eu diria, nunca diria nunca. Eu acredito que seria um trabalho de sonho, trabalhando como treinador lá ou em algum cargo de administração”, disse Favre. “Eu não sei, e eu não quero criar uma agitação [falando sobre isso], porque quem sabe? Mas eu diria: ‘Nunca diga nunca’.”

A saída de Favre do Packers em 2008 foi turbulenta, e há dois anos, ele voltou a fazer as pazes com a franquia. Alguns torcedores do Packers já estão há tempos pedindo uma mudança no corpo de Coaches. Particularmente acho que seria uma ótima opção para renovar o time de uma forma geral, mas teremos que esperar para ver se isso foi somente uma hipótese, ou se essa história terá novos (e talvez felizes) capítulos após Favre acompanhar a carreira de sua filha no vôlei, que começará em outubro, quando ela realizar o primeiro jogo pela faculdade Southern Miss, onde ela estuda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *