BRASIL BOWL 2017: SADA CRUZEIRO X JOÃO PESSOA ESPECTROS

BRASIL BOWL 2017: SADA CRUZEIRO X JOÃO PESSOA ESPECTROS

A temporada do FABR chegou ao fim! E no Brasil Bowl descobrimos quem foi o campeão da batalha dos invictos e, também, o que podemos esperar para a temporada de 2018.

SADA CRUZEIRO FUTEBOL AMERICANO 30 x 13 JOÃO PESSOA ESPECTROS

O Brasil Bowl veio com tudo e ninguém ficou de fora. A final do Campeonato Brasileiro de Futebol Americano foi transmitida pelo canal Esporte Interativo que, após pedidos, abriu o sinal para que todos pudessem conferir esse jogo entre os times invictos da BFA.

Estávamos esperando uma partida bem diferente da que rolou no Estádio da Independência em Belo Horizonte. Achávamos que seria uma partida equilibrada, como dissemos na prévia desse grande jogo. Mas o que vimos foi um domínio do ataque do Sada Cruzeiro no primeiro tempo de jogo e uma defesa do Espectros que apareceu mais que seu ataque.

O OL do Sada Cruzeiro, Dhiego “Gordo” Taylor #71, também da Seleção Brasileira, deu a seguinte declaração:

“Foi a defesa mais difícil que enfrentamos.”

Realmente, foi a defesa mais estruturada e preparada para enfrentar o grande favorito desse Brasil Bowl.

No segundo tempo, o ataque paraibano apareceu mais na partida, conseguindo marcar 13 pontos. Foi o time que mais pontuou em uma partida contra o Azul Celeste mineiro.

Brasil Bowl
Foto: Lethy Guerra

O QUE OS ATLETAS ACHARAM?

Batemos um papo no final da partida com o WR #81, Victor Hugo “Mega”, que marcou dois TDs nessa final, e já foi MVP de várias partidas pelo Sada Cruzeiro. Sobre o jogo, ele afirmou:

“Foi um jogo que esperava ser difícil, e realmente foi. O Espectros é um time inteligente, um time que a gente precisou tomar cuidado a todo momento. Mas conseguimos executar as jogadas. Nós treinamos muito, nos preparamos muito para essa temporada que foi muito longa. E conseguimos executar tudo dentro do que a gente trabalhou. E conseguimos sair coroados nessa final como campeões.”

Outro atleta com quem conversamos foi o K #3 Diego Aranha do João Pessoa Espectros, que nos contou suas impressões sobre a partida:

“É difícil pra gente analisar o jogo, foi um jogo que entramos um pouco desligados. O nosso primeiro tempo não foi bom, nas três fases. Que era o que nós costumamos a fazer. Para sairmos campeões, deveríamos render nas três fases e vencer no duelo individual. Não conseguimos fazer isso e saímos bem atrás no placar. Após o intervalo conseguimos render mais e tivemos um bom momento. Mas com outra interceptação eles conseguiram aproveitar os nossos erros e foram campeões.”

 

Brasil Bowl
Foto: NFL Luluzinha Club

PRÓXIMO PASSO

Agora só veremos Sada e Espectros no ano que vem, mas teremos algumas mudanças já comentadas. O QB Álvaro Fadini irá tornar sua carreira internacional, unindo-se a um time europeu. O RB Well Garcia pretende jogar no Nordeste. E o responsável pela vitória, o Head Coach Dan Levy, deixará o Sada Cruzeiro para retomar sua carreira fora do Brasil, como HC do Prague Black Panthers, time da República Tcheca, assumindo ainda, o posto de Coordenador Ofensivo do Europe Warriors All-Star Team.

Mas se você não aguenta esperar pela próxima temporada do FABR, aproveite o amistoso entre o Brasil Onças e Argentina Halcones, nesse sábado, dia 16 de dezembro, com transmissão pela ESPN+.

Para acompanhar tudo sobre o futebol americano nesse Brasilzão, é só ficar ligado no NFL Luluzinha Club!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *