ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE ÁRBITROS ANUNCIA FIM DE ACORDO COM A BFA

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE ÁRBITROS ANUNCIA FIM DE ACORDO COM A BFA

O jogo entre Goiânia Rednecks e Campo Grande Predadores criou um grande entrave entre a BFA e a Associação Nacional de Árbitros de Futebol Americano do Brasil (ANAFAB).

A equipe goiana violou o Regulamento da competição e contratou, unilateralmente, seis árbitros independentes para a partida.

Em 2016, a ANAFAB, em conjunto com a CBFA, construiu um acordo que, em todos os campeonatos chancelados por aquela confederação, haveria arbitragem feita pelos árbitros da Associação. Com a criação da BFA, em 2017, o acordo foi mantido, conforme Regulamento da BFA 2017:

Art. 15. O jogo deve ser jogado sob supervisão de, no mínimo, cinco e, no máximo, oito árbitros. As equipes de arbitragem serão designadas pelo Comitê Gestor da BFA, em conjunto com a ANAFAB.

Não obstante a irregularidade, o jogo contou com a marcação de 49 faltas, em 2 horas e 40 minutos de partida, mostrando uma grande disparidade dos árbitros da ANAFAB.

Diante da irregularidade ocorrida na partida em Goiânia, a BFA, em 18/07/2017, dissolveu o acordo com a ANAFAB, e nomeou-se a si própria como a única responsável pela escalação da arbitragem para os jogos da competição.

A ANAFAB, em comunicado oficial, anunciou, então, a interrupção de seus serviços nos jogos da BFA.

Comunicado ANAFAB

Desde o final do ano de 2016, a CBFA e os principais árbitros do país costuraram um acordo de que todos os campeonatos chancelados por eles teria escalação da arbitragem feita pela ANAFAB (criada em 2017).

Com a criação da BFA o referido acordo foi mantido, constando em Regulamento do Campeonato (art. 15) que as equipes de arbitragem seriam designadas pelo comitê Gestor da BFA sempre em conjunto com a ANAFAB.

Em 15.07.2017, em grave violação ao Regulamento do campeonato da BFA – 1ª Divisão do Futebol Americano brasileiro – a equipe do Goiânia Rednecks negligenciou a determinação prevista e contratou unilateralmente 06 árbitros independentes para a partida contra a equipe do Campo Grande Predadores.
Esta, por sua vez, foi visivelmente prejudicada pela condução da partida, que teve 49 faltas marcadas e uma duração de apenas 2h40.

A ANAFAB não culpa aqueles que arbitraram o jogo e fizeram o máximo que seu conhecimento lhes permitia, porém é inaceitável a conduta da equipe de Goiânia, seja por não respeitar o acordo realizado pelas entidades superiores do Futebol Americano, seja por não respeitar o Regulamento do campeonato, seja por não prestigiar seu adversário com a melhor organização possível para a partida.
Inadmissível também, foi a decisão da BFA comunicada em 18.07.2017, frente ao ocorrido no dia 15, dissolvendo o acordo com a ANAFAB, e nomeando a BFA como responsável única pela escalação das arbitragens de suas partidas.

Seguindo estes ocorridos, a ANAFAB – em sua totalidade – comunica à principal liga brasileira, BFA, e à imprensa de que interromperá seus serviços na 1ª divisão do campeonato masculino de futebol americano a partir dessa data.

Não podemos concordar com o retrocesso no futebol americano ao qual pretendem os gestores da BFA, e a ANAFAB não compactuará com tais determinações, as quais pretendem ter de volta a arbitragem brasileira caminhando sob os pés das Federações.

Em uma partida de futebol americano, os árbitros são tão importantes quanto os atletas e os dirigentes. Porém, esta não tem sido a visão das equipes de futebol americano da BFA.

Por fim, dado os esclarecimentos necessários, os árbitros ANAFAB não arbitrarão NENHUMA partida da BFA até que as questões acima discriminadas sejam resolvidas e se coloque um ponto final na discussão de repatriação da arbitragem pelas federações e rompimento de acordos sem punições.

Conselho Gestor da Associação Nacional de Árbitros de Futebol Americano do Brasil

Que bomba! Fica ligado nas nossas redes para mais notícias do FABR!

2 thoughts on “ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE ÁRBITROS ANUNCIA FIM DE ACORDO COM A BFA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *