APROVADAS NOVAS REGRAS EM REUNIÃO DA NFL (VAI TER COMEMORAÇÃO!)

APROVADAS NOVAS REGRAS EM REUNIÃO DA NFL (VAI TER COMEMORAÇÃO!)

Conforme noticiamos na semana passada, a NFL está realizando em Chicago mais uma reunião com os donos de times para a aprovação de algumas regras já propostas em março.

Hoje foi aprovada a redução do tempo da prorrogação de 15 para 10 minutos nos jogos de pré-temporada e de temporada regular (na pós-temporada o tempo continua sendo de 15 minutos). A medida tem como objetivo a segurança dos jogadores além de evitar um cansaço maior caso o time tenha uma semana mais curta com um jogo de quinta na rodada seguinte.

Um receio que acompanha essa mudança de regra é o aumento no número de empates ao longo da temporada. Segundo o NFL Research, nas últimas 5 temporadas houve 83 prorrogações, sendo que 22 delas duraram pelo menos 10 minutos (o tempo médio de prorrogação nessas 5 temporadas foi de 7 minutos e 43 segundos). Houve apenas 5 empates, uma média de 1 empate por ano, mas se a duração de 10 minutos estivesse em vigor, haveria 16 empates no total, fazendo a média de 3,2 empates em 512 jogos. Caso os empates realmente aumentem, os cálculos de classificação se complicam. então veremos os técnicos arriscando mais nos finais do jogo ou tentando manter a maior posse de bola possível durante a prorrogação caso vença no cara ou coroa.

A segunda regra, já anunciada na semana passada e que foi aprovada hoje, regulamenta a inclusão de mais um jogador na Injury Reserve. Assim, dois jogadores agora podem retornar aos treinos se estiverem na IR por pelo menos 6 semanas e retornar aos jogos depois de 8 semanas na mesma. Isso permite aos times flexibilidade de movimentação no elenco e assim, ter uma chance de dispor dos melhores jogadores em campo para partidas mais importantes, principalmente mais para o final da temporada e playoffs.

Também foi decidido que os times devem reduzir o número de jogadores de 90 direto para 53 antes do último jogo da temporada. Até agora os times faziam uma redução mais gradativa, limitando a 75 jogadores e por fim os 53 jogadores para compor o elenco da temporada. Assim, aqueles que estão em treinamento terão que dar o seu melhor para estar num time, já que 1.184 jogadores serão dispensados de uma vez só.

A última aprovação foi comemorada pela torcida e pelos jogadores. A liga deu uma “relaxada” em relação às regras ligadas às comemorações. Como muitos sabem, na temporada passada qualquer comemoração era “premiada” com uma falta.

Antonio Brown e suas comemorações engraçadinhas!

O comissário Roger Goodell declarou:

“Nós vimos muito interesse em liberar e permitir aos jogadores um pouco mais de liberdade de serem capazes de expressar sua alegria, sua individualidade e francamente celebrar o jogo. Então isso é o que achamos que conseguimos aqui. Haverá um diálogo em progresso com várias partes para assegurar a implementação.”

 

Ficam permitidas as seguintes comemorações:

– Usar a bola na comemoração
– Comemorações no chão (como anjos na neve)
– Comemorações em grupo

Ainda ficam proibidas comemorações ofensivas e direcionadas ao adversário, que causem atraso de jogo, que lembrem o uso de armas, que tenham cunho sexual. Qualquer comemoração desse tipo será penalizada com falta.

Antônio Brown, desculpe, mas o “twerk” ainda está proibido, use o que você aprendeu no “Dancing with the Stars” para as comemorações.
O objetivo é manter o espírito esportivo, competição limpa e dar bons exemplos para jovens atletas.

Mais mudanças podem acontecer e caso elas sejam aprovadas, elas serão divulgadas aqui no site. Fiquem ligados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *