APÓS POLÊMICA, WR LUCKY WHITEHEAD É DISPENSADO DO DALLAS COWBOYS

APÓS POLÊMICA, WR LUCKY WHITEHEAD É DISPENSADO DO DALLAS COWBOYS

Parece um noticiário policial, mas é a páginas de notícia do Dallas Cowboys. Os garotos que vivem no Jerry’s World têm trazido muitas dores de cabeça ultimamente. Ezekiel Elliott, Damien Wilson e Jourdan Lewis foram alguns que estiverem metidos em confusão, e tudo indica que a tolerância está chegando ao fim.

Para o WR Lucky Whitehead, a semana foi bastante conturbada. Como se não bastasse seu cachorro ter sido sequestrado na semana passada, nessa segunda-feira (24), ele foi dispensado pelo time horas após o primeiro treino. Isso porque supostamente Whitehead teria sido preso por roubar uma loja de conveniência e não conseguir comparecer no tribunal no dia 06 de julho. A noticia a respeito da decisão do Cowboys foi anunciada após o primeiro training camp practice.

O Engano

O agente de Whitehead, David Rich, disse à Adam Schefter da ESPN que o crime não passa de um engano e jogador não estava na Virgínia, local em que ocorreu o incidente. O seu bilhete de embarque comprova isso, indicando que seu voo teria saído às 7:18 da manhã em direção a Washington e desembarque às 11:30 – 10 horas após a ocorrência.

O jogador tentou argumentar com o time dizendo que ele nunca recebeu nenhuma intimação e que ele nem estava no estado quando o crime ocorreu. Ele chegou a mostrar o registro do avião, porém não houve sucesso.

“É apenas lamentável para o garoto”, disse o agente do jogador.

O vice-presidente executivo do Dallas Cowboys, Stephen Jones, disse à impressa que a equipe havia tomado consciência do caso na manhã de segunda-feira.

David Helman on Twitter

Stephen Jones says the decision to release Lucky Whitehead is a culmination of various issues.

Quando questionado a respeito se a decisão era como uma mensagem para os demais jogadores do time que ultimamente tem estampado mais noticiários policiais que esportivos, afirmou que a este foi o limite para tolerância de uma série de incidentes em que o WR se envolveu no último ano e não comentou a afirmação do agente, de que é um caso de identidade equivocada.

“Não estou preocupado em enviar uma mensagem. Estou preocupado com a situação dele. Nós olhamos para isso. Nós examinamos todo o seu trabalho e tomamos a decisão de seguir em frente.” disse Stephen Jones.

Mas por que o time não voltou atrás?

As acusações de roubo contra do WR foram retiradas  e foi confirmado que a policia havia identificado o suspeito errado. Ainda assim, como mencionado anteriormente, essa seria somente a cereja do bolo, já que na última temporada, Lucky Whitehead esteve envolvido em mais polêmicas. Ele ficou fora do último jogo contra o New York Giants porque chegou tarde ao treino de sábado e havia publicações em seu Snapchat que mostrava ele curtindo a noite de sexta-feira. Além disso, também esteve envolvido em um acidente de carro em que o técnico, Jason Garrett, só foi informado, na época, pela impressa.

Logo, a decisão, de certa forma, não é nenhuma surpresa, uma vez que o seu desempenho dentro de campo não tem sido bom. Ele foi “undrafted rookie” em 2015 e nas duas últimas temporadas recebeu nove passes para 64 jardas e correu 20 vezes para 189 jardas. Sua principal atuação na equipe era no Special Teams e apresentou a média de 6.9 jardas de punts retornados e 25.6 de 33 retornos de kickoff.

Tudo isso indicava que ele iria competir pela vaga com o calouro Ryan Switzer. Porém, a paciência do time se esgotou antes, já que ele não é tão valioso quanto Ezekiel Elliott. Sendo assim, Lucky Whitehead merece os “parabéns” por ter conseguido esgotar a paciência do front Office do Dallas Cowboys. Será que ele arruma outro time tão tolerante a ponto de dar nova chance ao jogador?

ATUALIZAÇÃO: Segundo Adam Schefter, da ESPN, Whitehead teve os direitos sobre seu contrato adquiridos pelo New York Jets.

Se no Cowboys a atuação do jogador era praticamente restrita ao retorno de punts, no Jets o jogador pode voltar a atuar como WR, tendo em vista as limitadas opções do time para a posição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *