ANDREW HAWKINS, WR DO PATRIOTS, DECIDE SE APOSENTAR E A APROVEITA PARA AJUDAR A CIÊNCIA

ANDREW HAWKINS, WR DO PATRIOTS, DECIDE SE APOSENTAR E A APROVEITA PARA AJUDAR A CIÊNCIA

O WR do New England Patriots, Andrew Hawkins, anunciou que deixará os gramados na terça-feira, 26 de julho. Por meio de um vídeo, o jogador informou não somente a decisão de se aposentar como também que irá doar seu cérebro para pesquisa.

Nesse vídeo feito para o site uninterrupted.com, o jogador de 31 anos comenta que foi uma decisão difícil, mas ele já não sentia o seu corpo responder da mesma forma. Além disso, explica seus planos futuros.

A Concussion Legacy Foundation (fundação que pesquisa sobre a concussão e auxilia atletas e suas famílias) afirmou que o WR se comprometeu em doar o seu cérebro para a pesquisa da encefalopatia traumática crônica – ETC. A doença degenerativa é conhecida por causar problemas cognitivos e comportamentais em atletas, membros das forças armadas e outros que sofreram traumatismo craniano repetido.

A carreira de Andrew Hawkins

Hawkins havia assinado contrato com o Patriots na free agency em maio deste ano e estava indo para sua sétima temporada na NFL. O veterano iniciou sua carreira no Cincinnati Bengals e jogou as últimas três temporadas pelo Cleveland Browns.

Mesmo com o drama de Cleveland em 2016, o WR fez um bom trabalho. Foram 33 recepções, 324 jardas e três touchdowns nos 16 jogos. Sua melhor temporada foi em 2014, com 63 recepções para 824 jardas e dois TDs. Além disso, ele já jogou a liga canadense de futebol americano – Canadian Football League – e ajudou o Montreal Alouettes a vencer a Grey Cup.

Infelizmente, Andrew Hawkins foi daqueles jogadores com grande potencial, mas que não teve oportunidade de desenvolvê-lo ou que foi ofuscado pelos diversos problemas – como a posição de quarterback – nos times em que passou. Quando finalmente iria ter a chance de se destacar e, quem sabe ganhar um Super Bowl, já era hora de parar.

Com isso, o ataque aéreo do Patriots é o mesmo da temporada passada na conquista história do Super Bowl LI. A exceção é por Brandin Cooks, que assinou com o time após uma troca feita com o New Orleans Saints no draft deste ano. Andrew Hawkins deixa liga com 2.419 jardas e nove touchdowns, mas mostrou que irá continuar contribuindo com esporte  de maneira indireta. Torcemos para que ele tenha sucesso em seus novos projetos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *