AARON RODGERS FRATURA CLAVÍCULA E NÃO DEVE RETORNAR PARA A TEMPORADA

AARON RODGERS FRATURA CLAVÍCULA E NÃO DEVE RETORNAR PARA A TEMPORADA

O Green Bay Packers não poderia ter notícia pior para sua campanha de 2017: Aaron Rodgers fraturou a clavícula. E para piorar a situação, o time anunciou que há chances do quarterback não retornar para esta temporada.

A lesão de Aaron Rodgers ocorreu em um lance no primeiro quarto do confronto do domingo (15) contra o Minnesota Vikings. Rodgers foi derrubado pelo LB Anthony Barr quando saiu do pocket em uma corrida. A jogada foi considerada normal, portanto não foi marcada a falta. Aparentemente a lesão ocorreu pela forma como Aaron Rodgers caiu em cima de seu ombro, jogando todo o seu peso em sua clavícula, após o impacto causado pelo LB Barr.

Rodgers teve uma fratura na clavícula esquerda em 2013, e, daquela vez, conseguiu retornar aos jogos após sete semanas de sua lesão. A grande e importante diferença da fratura de 2013 para a atual é: desta vez é a clavícula direita. Uma fratura na clavícula, no membro em que se usa para lançar, deve ser analisada e tratada de forma muito cuidadosa quando falamos da posição de quarterback. O time deve escolher nos próximos dias se o tratamento de Aaron Rodgers será conservador ou cirúrgico. Tal decisão definirá se Rodgers retorna ou não para a temporada de 2017.

E agora, Packers?

Aaron Rodgers, que não ficava fora de nenhum jogo inteiro desde 2013, corre o risco de perder o restante de toda esta temporada. Seu substituto na partida contra o Vikings foi Brett Hundley, e provavelmente seja também nos próximos jogos. Hundley não conseguiu a vitória para Green Bay Packers e obteve três interceptações durante o jogo. O QB substituto realizou um touchdown, 54.5% de passes completos e sofreu quatro sacks.

É extremamente difícil (quase impossível) conseguir substituir um quarterback como Aaron Rodgers. A situação de Brett Hundley é consideravelmente complicada. Entrar no lugar de um dos melhores quarterbacks da liga e ainda depois de um jogo sensacional como foi contra Dallas, em que Rodgers liderou de forma espetacular seus companheiros, é praticamente uma missão impossível para Hundley.

Rodgers é uma das peças principais do time e correr o risco de não ter sua recuperação total é algo que provavelmente o time não estará disposto a passar. O time que está dependendo de mais exames complementares e de avaliações minuciosas, deve optar pela cirurgia. Visto que, desta vez, a fratura encontra-se em seu braço dominante e de extrema importância para os lançamentos precisos que Rodgers costuma fazer.

Aguardaremos maiores informações sobre a situação de Aaron Rodgers e claro, estaremos torcendo para a melhor (e não mais rápida) recuperação do quarterback.

Deixe seu comentário!

Fontes: nfl.com, espn.com, foxsports.com

 

One thought on “AARON RODGERS FRATURA CLAVÍCULA E NÃO DEVE RETORNAR PARA A TEMPORADA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *